i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Streaming

Apple planeja descontinuar Beats Music

Serviço de streaming de música foi adquirido em maio deste ano pela empresa

  • PorEstadão Conteúdo
  • 25/09/2014 11:34
Entre os fundadores da fabricante de fones de ouvido está o rapper norte-americano Dr. Dre. | Adam Hunger/Reuters.
Entre os fundadores da fabricante de fones de ouvido está o rapper norte-americano Dr. Dre.| Foto: Adam Hunger/Reuters.

A Apple pretende fechar o serviço de streaming de música Beats Music, adquirido em maio deste ano, diz o site especializado em tecnologia TechCrunch.

Segundo a reportagem, diversos engenheiros que trabalhavam no projeto já foram realocados para outras funções na Apple e o CEO da Beats Music, Ian Rogers, assumiu o comando do iTunes Radio, dividindo o seu tempo entre os dois serviços.

A Apple negou a informação, mas segundo o site Re/Code fontes próximas a empresa garantem que a Apple vai ao menos modificar o serviço ao longo do tempo e que essa mudança incluiria uma alteração na marca.

Portanto, a empresa teria planos de descontinuar a marca, mas não necessariamente de encerrar o serviço, abrindo especulações sobre o futuro da Beats Music dentro da empresa.

Alguns fatos são consideradas evidências de que o serviço pode sofrer modificações, segundo a reportagem. A Apple não citou o Beats Music durante seu último evento no qual lançou o Apple Watch e dois novos iPhones. O aplicativo do serviço também não está pré-instalado nos novos smartphones da marca.

Ao comprar a Beats, a Apple teria como principal interesse trazer Jimmy Iovine e Dr. Dre para sua equipe e incorporar os fones de ouvido e acessórios da marca.

Já a Beats Music faria menos sentido porque a Apple tem investido e ganhado tração com seu serviço iTunes, promovido inclusive no seu evento mais recente, quando a empresa anunciou o lançamento do novo álbum do U2 gratuitamente dentro da plataforma.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.