i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Negociação

Argentina propõe pagar dívida com Clube de Paris até 2017

  • PorReuters/Brasil Online/O Globo Online
  • 14/01/2007 15:41

O governo argentino ofereceu quitar sua dívida de 6,3 bilhões de dólares junto ao Clube de Paris até 2017, com juro de 1 ponto percentual sobre a Libor, relatou o jornal Clarín na edição deste domingo.

De acordo com o jornal, que citou um documento oficial, a Argentina propôs um plano de pagamento de 10 anos com um período de carência de três anos, indicando que os pagamentos de fato começariam em 2010.

A oferta é o primeiro passo nas negociações, que podem durar boa parte do ano até que um acordo seja fechado, segundo fontes da área financeira da Argentina.

O Clube de Paris é um grupo informal de 19 países industrializados. Quase 70 por cento da dívida da Argentina com o grupo é com Alemanha, Japão e Espanha.

A Argentina declarou a maior moratória da história moderna em 2002, quando sua moeda foi desvalorizada numa crise econômica.

O país sul-americano completou em 2005 a renegociação de sua dívida superior a 100 bilhões com uma expressiva redução do capital, mas alguns credores recusaram a oferta e ainda exigem o pagamento de todo o dinheiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.