As caixinhas na frente do guichê de embarque para testar o tamanho da bagagem de mão podem estar com os dias contados. A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês) definiu um padrão para o tamanho das malas e lançou nesta terça-feira (9) o selo “cabin ok”, que atesta que a bagagem está dentro do padrão recomendado pelas empresas aéreas. O desafio agora é fazer com que aéreas e fabricantes de mala aceitem o padrão escolhido. Segundo estabeleceu a Iata, a mala ideal tem 56 centímetros (cm) de altura, 36 cm de largura e 23 cm de profundidade.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]