Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Airbus 330neo, da Azul
Airbus 330neo, da Azul.| Foto: Divulgação/Airbus

A companhia aérea Azul começa a oferecer o serviço de "stopover", uma forma de conexão entre rotas que permite aos viajantes permanecer em uma parada intermediária por alguns dias. A novidade vale para voos da Azul e de suas parceiras de codeshare que envolvem aeroportos paulistas, como Guarulhos e Viracopos.

A empresa é a segunda a iniciar essa prática, que faz parte do programa "São Paulo Pra Todos" lançado para estimular o turismo no Estado e que engloba a redução do ICMS incidente sobre o querosene de aviação (de 25% para 12%). A Gol começou a vender voos com "stopover" em agosto, e a Latam ainda está negociando a operação com a administração paulista.

Após o lançamento do "São Paulo Pra Todos", a Azul adicionou 300 frequências semanais ao Estado, e planeja mais 50 até o fim do ano, segundo o presidente da empresa, John Rodgerson. O "São Paulo Pra Todos" já adicionou 600 frequências de e para o Estado desde o seu lançamento, acima da meta inicialmente estabelecida de 490 frequências. Em novembro, o governo paulista deve expandir a campanha turística para a mídia internacional.

De acordo com o secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, o impacto econômico do programa de incentivo ao turismo deverá superar os R$ 6,9 bilhões estimados inicialmente para o período de 12 meses. Sobre o número de turistas que o programa atrairá ao Estado, ainda não há previsão, afirmou. Lummertz comentou ainda que o Estado segue conversando para que aéreas estrangeiras implementem o "stopover", citando a portuguesa TAP, American Airlines e a Alitalia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]