i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Curitiba

Bancários fazem paralisação em 12 agências do Portão

  • PorGazeta do Povo
  • 22/09/2008 07:39

Agências fechadas até o meio-dia desta segunda-feira (22)

Agência BBRua Carlos Dietzsch, 137 Via Rápida Centro Bairro

Agência CaixaRua Carlos Dietzsch, 61

Agências BradescoAv. República Argentina, 2958R. João Bettega, 127

Agências UnibancoAv. República Argentina, 2848Av. República Argentina, 3509

Agências ItaúPraça Pe J Bagozzi, 116Av. República Argentina, 2925

Agência HSBCAv. República Argentina, 3008

Agência SafraRua Carlos Dietzsch, 120

Agência RealRua Joao Bettega, 61

Agência SantanderRua Joao Bettega, 96

Bancários de 12 agências do bairro Portão, em Curitiba, realizaram uma paralisação até 11h15 desta segunda-feira (22), mantendo apenas o auto-atendimento à disposição dos clientes durante o período. As agências que fecharam nesta manhã são dos bancos Safra, HSBC, Real, Banco do Brasil, Caixa, Santander, duas do Itaú, duas do Bradesco e duas do Unibanco (confira a lista de unidades afetadas ao lado).

O protesto estava previsto para acontecer até o meio-dia, mas, após a realização de uma assembléia, o Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região decidiu finalizar as manifestações cerca de 45 minutos antes. O ato foi contra o que o sindicato considera retrocessos nas negociações da campanha salarial, que acontecem entre a Federação Nacional dos Bancos (Febraban) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), entidade de congrega os sindicatos dos bancários.

"Na última semana (dias 16 e 17 de setembro), a Federação Nacional dos Bancos além de não trazer propostas para as cláusulas econômicas, negou algumas das mais importantes reivindicações presentes na minuta, como maior segurança bancária, Plano de Cargos e Salários, fim das metas abusivas, auxílio-educação e ampliação da licença-maternidade e propôs a redução de direitos", diz nota enviada pelo sindicato. "Os banqueiros querem diminuir o auxílio-creche, a estabilidade pré-aposentadoria e o vale-transporte, direitos garantidos na Convenção Coletiva de Trabalho".

Ainda segundo o sindicato, os protestos ocorrem em todo o país. Em Curitiba, os bancários realizaram três manifestações na semana passada, retardando o início do expediente duas vezes na agência do Unibanco, no Centro, e uma vez na unidade do HSBC, no Alto da XV.

Entre as principais reivindicações, eles pedem reajuste de 13,23% (5% de aumento real, mais 8,23% de reposição da inflação no período); aumento progressivo do piso salarial, em três anos, até R$ 2.074; participação nos lucros e resultados; aumento nas contratações; plano de cargos e salários em todos os bancos; e mais segurança nas agências.

A reportagem entrou contato com a Febraban, para que a entidade comentasse as reivindicações, mas não houve retorno.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.