i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
banco

BB capta R$ 1 bilhão com emissão

  • PorAgência Estado
  • 08/04/2010 21:05

O Banco do Brasil (BB) concluiu nesta semana a emissão de R$ 1 bilhão em letras financeiras (LFs), o que faz com que a instituição seja a primeira a captar por meio desse instrumento financeiro, que foi regulamentado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no final de fevereiro. O BB confirma a operação, mas não informou o prazo dos papéis e nem qual será o retorno ao investidor.

A avaliação da instituição financeira é que as LFs poderão servir para o financiamento de projetos corporativos de longo prazo, como obras de infraestrutura, ou destinado ao crédito imobiliário, setor em que os financiamentos chegam a até 30 anos Os recursos captados estão sujeitos ao recolhimento compulsório de 15%, mesma alíquota aplicada pelo Banco Central (BC) nos depósitos a prazos.

As LFs, também conhecidas como debêntures de bancos, foram criadas pelo governo para que as instituições financeiras pudessem ter mais uma alternativa às captações de recursos de longo prazo, hoje restritas aos repasses do BNDES e fontes externas. Pela regulamentação, o prazo mínimo do papel é de dois anos, sendo que o banco emissor poderá recomprar, no máximo, 5% do volume emitido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.