i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Atendimento

BB reduz dinheiro em caixas eletrônicos à noite

  • PorAgência Estado
  • 22/03/2013 12:06

O Banco do Brasil informou nesta sexta-feira (22) que reduziu consideravelmente o dinheiro disponível em seus caixas eletrônicos durante o período da noite. Apesar da redução, o volume do numerário é o mínimo necessário ao atendimento dos clientes até a manhã do dia seguinte, explica a assessoria do BB.

Em funcionamento desde o último dia 18, o novo sistema pretende inibir ataques aos caixas eletrônicos e aumentar a segurança do cliente. O sistema foi desenvolvido com base em estudos da rotina e hábitos de cada praça. Nas praças com maior incidência de ataques, o porcentual médio de redução dos valores disponíveis chega a 70%.

"O sistema implementado busca o equilíbrio entre a redução do numerário disponível nos terminais e a manutenção da qualidade de atendimento aos nossos clientes, contribuindo para desestimular os ataques e reduzir prejuízos", diz o diretor de Operações do BB, Sandro José Franco.

Para ampliar a segurança nesses locais, o BB informa também que expandiu a quantidade de caixas eletrônicos e agências que são monitorados 24 horas a distância, por centrais de segurança espalhadas no País. Essas centrais, segundo o banco, têm capacidade de acionamento direto da polícia no momento da eventual ação criminosa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.