Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Painel mostra cotações na bolsa de Tóquio | AFP
Painel mostra cotações na bolsa de Tóquio| Foto: AFP

As bolsas de valores asiáticas avançaram nesta sexta-feira (10), com as ações na Coreia do Sul atingindo as máximas em seis meses, após o país ter evitado a recessão no primeiro trimestre e enquanto o rali de Wall Street aumentou o apetite por risco na região, derrubando o iene.

Muitos centros financeiros na região estão fechados por conta de feriado, fazendo com que os investidores fiquem apreensivos com a ameaça dos ganhos obtidos agora não se sustentarem na próxima semana, quando muitas empresas norte-americanas divulgarão seus resultados trimestrais.

O índice MSCI que reúne as principais bolsas da região Ásia-Pacífico exceto Japão teve alta de 0,55%, pouco abaixo da máxima em seis meses atingida na segunda-feira.

"O mercado foi ajudado pela estimativa do banco norte-americano Wells Fargo de resultados mais fortes que o esperado no primeiro trimestre, alimentando as esperanças de uma estabilização nos mercados financeiros nos Estados Unidos", disse Won Jong-hyuck, analista de mercado na SK Securities em Seul.

saiba mais

* Bovespa segue otimismo global e atinge maior nível desde outubro * Dólar cai 1,4% e fecha na menor cotação desde novembro * Com anúncio do Wells Fargo, Bolsa de Nova York fecha em alta * Bolsas europeias sobem mais de 2%, animadas por setor bancário

Indicadores

O índice Nikkei, da bolsa de Tóquio, subiu 0,54%, a 8.964 pontos, e fechou no maior patamar em três meses pelo segundo dia seguido Mais cedo, o indicador chegou a superar a barreira psicológica dos 9.000 pontos.

Mas os papeis de bancos no Japão recuaram, após Sumitomo Mitsui Financial Group ter alertado para um prejuízo líquido no ano fiscal que acabou de acabar, reacendendo os temores sobre outros grandes bancos.

Em Taiwan, o rali de Cathay Financial, após a companhia ter revertido prejuízo de um ano atrás e apresentado lucro no primeiro trimestre acima das expectativas do mercado, contribuiu com o avanço das ações para as máximas em seis meses.

O índice Taiex, da bolsa de Taiwan, subiu 2%, enquanto as ações em Seul avançaram 1,5%, com a estimativa de crescimento no primeiro trimestre divulgada pelo banco central da Coreia.

Em Xangai, as ações exibiram alta de 2,7%. As bolsas de Cingapura, Hong Kong e Sydney não operaram.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]