i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Vendas

Brasil deve vender dois milhões de PCs até o Natal

  • PorO Globo Online
  • 18/12/2006 12:15

O aumento na oferta de modelos mais baratos e o incremento no volume de planos de financiamento de varejistas devem impulsionar as vendas de computadores até o Natal, quando pelo menos dois milhões de novos computadores (desktops) e notebooks devem ser adquiridos por brasileiros. Foi o que estimou a consultoria IDC Brasil, em dados divulgados nesta sexta-feira.

De acordo com a IDC, em 2006 a estimativa é que sejam comercializados 7,1 milhões de PCs e 3,2 milhões de impressoras no Brasil. Os terminais de computadores domésticos (desktop) lideram a preferência dos consumidores. De janeiro a outubro deste ano já foram vendidas 4,6 milhões de unidades de desktops, contra 363 mil notebooks comercializados no mesmo período.

- Em 2005 foi o Natal do DVD, tendo em conta a grande demanda por estes aparelhos. Mas as apostas agora são para que tenhamos neste ano o Natal do PC, com o consumidor diluindo suavemente suas compras em planos de financiamento de 12 ou 24 vezes - afirmou Reinaldo Sakis, analista sênior de PCs e monitores da consultoria, em comunicado.

Ainda segundo a consultoria, apesar de os consumidores brasileiros terem demonstrado aumento na preferência por PCs de fabricantes oficiais, o país deve encerrar o ano com um índice de pirataria de 50% das vendas de computadores - pouco abaixo dos 60% estimados em 2005.

Outros equipamentos que devem seguir o mesmo ritmo de vendas neste fim de ano são as impressoras. Impulsionadas pelas compras de PCs, a estimativa é de que sejam vendidas 2,8 milhões de unidades de modelos jatos de tinta até o final de 2006. Ainda segundo a IDC, as impressoras multifuncionais (que unem recursos de fax, copiadora e impressora) devem superar os modelos tradicionais em volumes de vendas pela primeira vez na história da indústria no país.

- A disputa entre os fabricantes está bem acirrada, o que reverte em benefícios para os usuários - explicou Luciano Crippa, analista de mercado da IDC Brasil.

Segundo Crippa, os preços atrativos e os avanços tecnológicos são os principais alavancadores de vendas, além da demanda dos usuários de câmeras digitais por equipamentos de impressão fotográfica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.