i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Energia

Brasil não atinge auto-suficiência em petróleo, e contraria promessa de Lula

  • Por
  • 24/01/2007 19:12

Rio de Janeiro – Prometida em campanha na TV e peça do programa eleitoral do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a auto-suficiência na produção de petróleo ficou para 2007. Os dados da Petrobrás mostram que a empresa produziu no país 1,778 milhão de barris por dia na média do ano de 2006, volume inferior ao consumo estimado em 1,8 milhão de barris por dia.

De 2005 para 2006, a produção de petróleo em campos nacionais aumentou 5,6%. Em dezembro, a estatal bateu a meta, considerando apenas o resultado mensal. Produziu 1,832 milhão de barris por dia, marca que superou o consumo e ficou 1% acima da produção de novembro.

No início do ano passado, a estatal prometeu chegar à "auto-suficiência" sustentada em 2006 – produzir mais que o consumo na média do ano. Mas atrasos no início da produção de plataformas e paradas programadas impediram a companhia de fechar o ano com média de produção maior do que o consumo. A campanha publicitária sobre a auto-suficiência custou R$ 37 milhões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.