i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Empresa

Brasileiro comanda a cervejaria líder

  • Por
  • 28/12/2005 19:24

São Paulo (Folhapress) – A InBev, maior cervejaria do mundo em volume de produção e segunda maior em faturamento, anunciou ontem mudanças em sua diretoria que incluem a nomeação do brasileiro Carlos Brito como novo chefe-executivo (CEO). Brito, que comandava as operações da empresa na América do Norte, passou a ocupar o principal cargo executivo da InBev, substituindo o americano John Brock, que, segundo comunicado oficial, tinha um contrato de três anos que expirou.

Segundo o jornal econômico belga "L’Echo", no entanto, Brock estava desgastado dentro da empresa por dois motivos: sua "timidez" no processo de aproximação e fusão da belga Interbrew com a brasileira AmBev, que resultou na criação da InBev, e as centenas de demissões promovidas nos últimos meses, que desagradaram especialmente os acionistas belgas.

O jornal também informou que Brito não era uma solução de consenso dentro do conselho da InBev, mas sua nomeação era defendida por Marcel Telles, que há anos é um dos homens mais poderosos dentro da AmBev. Em nota, Carlos Brito afirmou que está "muito orgulhoso" pela nomeação e prometeu transformar a "maior cervejaria do mundo na melhor".

O conselho de administração da InBev também decidiu que seu atual presidente, Pierre Jean Everaert, deixará o cargo após seis anos e passará a ser presidente honorário a partir de maio de 2006. Ele será substituído por Peter Harf, um membro independente do conselho desde 2002.

Em sua mensagem de despedida, Everaert lembrou que entrou para o conselho da Interbrew em 1997, quando a empresa era apenas a 17.ª maior cervejaria do mundo. "Hoje a InBev é a maior cervejaria em volume e está no caminho de se tornar a melhor." Ele também elogiou o brasileiro. "Estou satisfeito de ter Carlos Brito para liderar a companhia nos próximos anos. (...) Brito representa a cultura e os valores da InBev."

Outra mudança na empresa foi a saída de Stewart Gilliland do comando das operações no Leste Europeu para a entrada de Stéfan Descheemaeker. Brito também continuará a trabalhar no chamado comitê de convergência, que reúne os principais executivos da empresa. Também participam o brasileiro Marcel Telles e os executivos Peter Harf e Stéfan Descheemaeker.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.