• 07/12/2020 13:46
Balanço da Anfavea

Indústria automobilística tem melhor mês de 2020, mas pode ficar parada por falta de insumos

  • 07/12/2020 13:46
    Fábrica de automóveis: em novembro, indústria produziu 238.200 autoveículos.
    Fábrica de automóveis: em novembro, indústria produziu 238.200 autoveículos.| Foto: Volkswagen/Divulgação

    A indústria automobilística registrou, em novembro, seu melhor desempenho durante o ano de 2020. De acordo com balanço da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), divulgado nesta segunda-feira (7), a produção de veículos chegou a 238.200 unidades, número 4,7% maior do que o registrado em novembro do ano passado. Em relação a outubro de 2020, o crescimento foi de 0,7%. As exportações, por sua vez, tiveram seu melhor resultado desde agosto de 2018, com 44.007 unidades vendidas.

    As perdas da pandemia, entretanto, ainda não foram recuperadas: no acumulado, os resultados de produção em 2020 são 35% menores do que os de 2019; na exportação, o acumulado é 28,4% inferior ao registrado no ano passado. Além disso, há menos de 120 mil veículos em estoque – volume que supre, apenas, 16 dias de venda.

    A falta de veículos pode se agravar por conta da paralisia da indústria, segundo relatou o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes. De acordo com ele, há escassez insumos para a fabricação dos veículos, como pneus, termoplásticos e, principalmente, aço. Por isso, algumas montadoras estão comprando os insumos para os fornecedores, buscando mitigar os riscos de paralisação da produção. Mesmo assim, já há paradas pontuais.

    “Os bons números de novembro dão alguma esperança para um 2021 melhor”, afirmou Moraes. “Mas, antes disso, teremos de superar alguns desafios imediatos em nosso setor e no país, como o aumento dos casos de Covid-19, o risco de paralisação por falta de autopeças e a pressão de custos ligados ao câmbio e insumos. Tudo isso vem prejudicando uma retomada mais rápida da indústria”, ressaltou.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.