• 25/09/2019 07:49
Aviação

Presidente do Senado vota para derrubar veto à bagagem gratuita em voos

  • 25/09/2019 07:49
    • Estadão Conteúdo
    Para o veto ser derrubado são necessários 257 votos de deputados e 41 de senadores. Caso contrário,  será mantido.
    Para o veto ser derrubado são necessários 257 votos de deputados e 41 de senadores. Caso contrário, será mantido.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

    O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), votou para derrubar todos os vetos do presidente Jair Bolsonaro que proibiram a franquia gratuita de bagagem em voos domésticos. Os itens foram vetados pelo Planalto com a justificativa de que a franquia mínima afasta o interesse de empresas estrangeiras em investirem no setor. A sessão do Congresso foi encerrada sem a votação em separado do veto, mas será retomada nesta quarta-feira, 25.

    O retorno da gratuidade das bagagens foi colocado pelos congressistas na votação da Medida Provisória que abriu o setor aéreo para o capital estrangeiro. Segundo o texto aprovado pelo Congresso, a franquia mínima deveria ser de 23 kg nas aeronaves acima de 31 assentos, 18 kg para as aeronaves de 21 até 30 assentos e 10 kg para as aeronaves de até 20 assentos.

    Mais cedo, Alcolumbre havia defendido manter o veto de Bolsonaro que proibiu a bagagem gratuita. "Eu acho que tem que manter o veto", declarou. No entanto, o voto de Alcolumbre foi fotografado pelo Estadão enquanto o presidente do Senado registrava seu posicionamento na cédula durante a sessão do Congresso.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.