Um dos protótipos de carros autônomos do Google: empresa quer acabar com os motoristas. | Divulgação
Um dos protótipos de carros autônomos do Google: empresa quer acabar com os motoristas.| Foto: Divulgação

Os carros autônomos do Google estiveram envolvidos em 11 acidentes nos últimos seis anos desde o início do projeto, mas não foram os causadores de nenhum deles, disse o diretor do programa, Chris Urmson.

Uma equipe de condutores que está testando a frota de mais de 20 veículos já dirigiu mais de 2,7 milhões de quilômetros até agora. “O carro autônomo não foi a causa do acidente nenhuma vez”, disse Urmson em publicação no blog Medium do site de notícias de tecnologia Backchannel. Ninguém ficou ferido nos acidentes, acrescentou.

“Se você passar tempo suficiente nas ruas, acidentes acontecerão se você estiver em um automóvel ou em um carro autônomo.” Os carros foram atingidos na traseira sete vezes, principalmente em semáforos, com a maioria dos acidentes acontecendo em ruas nas cidades e não em rodovias.

“Continuaremos a dirigir milhares de quilômetros para que possamos entender melhor os acidentes comuns que fazem com que muitos de nós não gostemos de dirigir no dia a dia – e continuaremos a trabalhar duro para desenvolver um carro autônomo que possa assumir esse fardo por nós”, disse Urmson.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]