Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

finanças

Casas de câmbio já aceitam cartão de crédito para compra de moeda

Aquisição dessa forma pode ser vantajosa em comparação ao uso do cartão em si durante a viagem. Entenda

  • Folhapress
  • Atualizado em às
Desde novembro de 2017 as casas de câmbio estão autorizadas pelo BC a aceitar cartão de crédito . | moerschy/Pixabay
Desde novembro de 2017 as casas de câmbio estão autorizadas pelo BC a aceitar cartão de crédito . moerschy/Pixabay
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Algumas casas de câmbio já aceitam cartão de crédito como forma de pagamento para a compra de dinheiro em espécie ou no cartão pré-pago.

Na Get Money – com lojas nos shoppings Eldorado, Patio Paulista e Ibirapuera – é possível comprar moeda estrangeira no crédito à vista. Além do IOF, é cobrado uma tarifa extra de 3,5% para as compras feitas nos cartões com a bandeira Vista e Master; e 4,5%, nos da Elo.

A rede de casas de câmbio Cotação, com 17 lojas na capital paulista, também aceita cartão de crédito para a compra de papel-moeda e cartão pré-pago novo ou recarga. O consumidor também pode usar cartão nas compras por telefone. O pagamento no não pode ser parcelado e é cobrado uma taxa extra de 2% para todas as bandeiras de cartão de crédito. 

Segundo Alexandre Fialho, diretor da Cotação, uma das vantagens de realizar a compra no cartão de crédito é que o cliente consegue pagar pelo preço da moeda na hora da compra, ainda que só vá pagar por ela no vencimento da fatura do cartão. 

“Outro benefício é a possibilidade de pagar o IOF de 1,1%, caso o cliente opte por levar moeda em espécie. Quando o cartão é utilizado no exterior, o imposto cobrado é de 6,38%. Além disso, o cliente ainda pode sofrer com a variação cambial, uma vez que a taxa de câmbio cobrada é a da data de fechamento da fatura do cartão de crédito”, diz Fialho.

LEIA TAMBÉM: Dólar deve oscilar num patamar mais alto neste ano. Prepare o bolso

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é de 1,1% para moeda em espécie e 6,36% para o cartão pré-pago. As casas de câmbio não permitem parcelamento.

Na tarde desta quinta-feira (12), o dólar comercial era negociado a R$ 3,89 e o valor do dólar turismo nas casas de câmbio chegava a R$ 4,12 em espécie (com as tarifas inclusas).

Todas as casas de câmbio podem aceitar cartão de crédito, de acordo com um ofício do Banco Central de novembro de 2017, mas nem todas trabalham com o dispositivo. Esse é o caso da Confidence, por exemplo, que não aceita compra de moeda por cartão de crédito.

O ofício do BC do ano passado foi uma resposta a um questionamento da Abracam (Associação Brasileira de Casas de Câmbio), sobre a compra de moeda estrangeira em casas de câmbio, com cartão de crédito, no valor de até R$ 10 mil.

Segundo o BC, a casa de câmbio pode receber por meio de: depósito em conta, cheque, TED e também cartão de crédito, desde que o valor não ultrapasse R$ 10 mil por cliente.

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE