i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
mobilidade

Categoria “intermediária” do Uber passa a operar nesta quinta-feira em Curitiba

A premissa é oferecer carros mais confortáveis que a categoria mais barata, o UberX, e mais simples que a categoria de luxo, o Uber Black

  • PorGetulio Xavier, especial para a Gazeta do Povo
  • 16/03/2017 14:34
UberSelect: categoria “intermediária” chega a Curitiba. Além da capital paranaense, outras 13 cidades também recebem a nova opção. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
UberSelect: categoria “intermediária” chega a Curitiba. Além da capital paranaense, outras 13 cidades também recebem a nova opção.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Uma nova categoria de Uber chega a Curitiba na tarde desta quinta-feira (16), a chamada UberSelect. A premissa é oferecer carros mais confortáveis que a categoria mais barata, o UberX, e mais simples que a categoria de luxo, o Uber Black. O preço também se enquadra nesse intervalo, sendo cerca de 20% mais caro que o UberX, ou seja, abaixo do Black. Além da capital paranaense, outras 13 cidades também recebem a nova opção.

Veja quais são os modelos aceitos na nova categoria

De acordo com a empresa, os usuários passam a ter um controle maior sobre os carros que irão receber, já que, ao optar pelo UberSelect, receberão apenas veículos de modelos previamente selecionados pela empresa e com ano de fabricação superior a 2012. A lista de carros que podem operar vai desde Linea, da Fiat, até modelos mais luxuosos como a X6, da BMW, ou a Evoque, da Land Rover.

A ideia é selecionar apenas a “melhor fatia” de veículos que já operam na categoria X e oferecer para quem optar pelo Select. Motoristas que se encaixam nos requisitos podem, portanto, operar nos dois sistemas. A vantagem para os usuários, segundo informa a empresa, é a garantia de que terá um carro mais novo e confortável sem pagar um valor muito superior.

Motoristas de táxi vão criar “mega central” em Curitiba para combater Uber e crise

Sem metrô, Curitiba tem dois projetos de mobilidade na manga

São Paulo, Campinas, Santos, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Campo Grande, Vitória, Recife, Salvador, Fortaleza e Porto Alegre são as outras cidades em que a nova categoria também chega durante a tarde desta quinta-feira.

App não é regulamentado em Curitiba

A Urbs, que administra o transporte em Curitiba, formou uma comissão para discutir a regulamentação do Uber em Curitiba no início deste ano. Mas o prefeito Rafael Greca (PMN) já deixou escapar que pretende aguardar uma solução nacional para o problema, antes de avançar com a regulamentação local.

A opinião parece ser endossada pelo presidente da Câmara de Curitiba, vereador Serginho do Posto (PSDB), que em dezembro de 2016, ainda na legislatura anterior, sugeriu à Comissão de Serviço Público da casa que arquivasse o projeto de lei 563/2016, que busca regulamentar aplicativos de transportes, e aguardasse decisão da Câmara dos Deputados.

Em Brasília, a discussão chegou a avançar, com uma comissão formada pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ). Mas o projeto, que em linhas gerais tentava impor ao Uber os mesmos critérios que hoje valem para os táxis, foi considerado muito polêmico para ir a votação. Por querer apresentar um texto mais ou menos consensual, Maia não colocou o texto em pauta, e repassou a discussão para o colégio de líderes.

Veja quais são os modelos aceitos na nova categoria

Audi

A3

A4

A4 Avanti

A6

A7

A8

Q3

Q5

Q7

RS 6

S5

BMW

S1

S3

S5

S7

X1

X3

X5

X6

Chery

Cielo

Tiggo

Chevrolet

Blazer

Captiva

Cobalt

Cruze

Malibu

Tracker

Vectra

Volt

Citroen

C4

C4 Aircross

C4 Lounge

C4 Pallas

C4 Picasso

C4 L

C5

Grand Picasso

XSara

Dodge

Journey

Fiat

Bravo

Freemont

Linea

Stilo

Ford

EcoSport

Edge

Fiesta Sedan

Focus

Fusion

Geely

Emgrand EC7

Honda

Accord

City

Civic

CR-V

Fit

HR-V

Hyundai

Azera

Elantra

HB20S

i30

i35

ix35

Santa Fe

Sonata

Tucson

Veloster

Veracruz

Jac Motors

J5

J6

T5

T6

T8

Jaguar

XF

XJ

Kia

Cadenza

Carens

Carnival

Cerato

Magentis

Optima

Sorento

Sportage

Sportage R

Land Rover

Discovery

Freelander

Range Rover Evoque

Range Rover Sport

Landwind

X8

Lifan

620

X60

Mercedes-Benz

B-Class

C-Class

Mitsubishi

Airtrek

ASX

Lancer

Outlander

Pajero

Pajero TR4

Nissan

Altima

Grand Livina

Kicks

Livina

Sentra

Sentra B17

Tida

Tiida

Versa

Peugeot

307

308

407

408

2008

3008

4008

Porsche

Cayenne

Renault

Duster

Fluence

Grand Scenic

Lodgy

Megane

Ssangyong

Actyon

Kyron

Rexton

Subaru

Impreza

Suzuki

Grand Vitara

S-Cross

SX4

Vitara

Toyota

Camry

Corolla

Corolla Altis

Corolla EX

Corolla Fielder

Hilux SW4

Prius

RAV 4

Volkswagen

GLI

Golf

GTI

Jetta

Passat

Polo

Polo Sedan

Tiguan

Vento

Volvo

S60

V40

XC60

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.