i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
CRESCIMENTO

Cinco indústrias que estão faturando mais no Paraná

O faturamento do setor caiu 6,3% no primeiro semestre. Mas alguns segmentos ainda conseguem ampliar a receita

  • PorFernando Jasper
  • 17/08/2015 13:32
 | André Rodrigues/Gazeta do Povo
| Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

A situação da indústria é das mais delicadas. O faturamento do setor no Paraná caiu 6,3% em termos reais (já descontada a inflação) no primeiro semestre, na comparação com o mesmo período de 2014. A informação é de pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) com empresas que representam mais de 90% de todas as receitas da indústria estadual.

Embora as exportações industriais (em reais) tenham crescido 17,1% no período, seu resultado não foi suficiente para compensar a redução de 7,1% nas vendas de produtos a empresas do Paraná e a queda de 12,7% no faturamento com as entregas para outros estados.

Mas alguns segmentos ainda conseguem se segurar. Das 18 atividades industriais acompanhadas todos os meses pela Fiep, cinco estão faturando mais em 2015 que no ano passado, em termos reais.

Três delas têm situação mais frágil, pois seus resultados acumulados no ano vêm diminuindo mês a mês. Para as outras duas, a tendência é ascendente.

Confira na galeria abaixo as cinco indústrias que faturaram mais no primeiro semestre:

  • MINERAIS NÃO METÁLICOS (cimento, cal e outros) – Leve avanço de 0,5% no 1º semestre. A boa notícia é que o segmento inverteu sua trajetória: no acumulado até maio, o faturamento estava caindo 1,8%.
  • PRODUTOS TÊXTEIS – Leve alta de 0,6% no 1º semestre. A trajetória, no entanto, é declinante: no acumulado até maio, o avanço era de 0,8%.
  • VESTUÁRIO E ACESSÓRIOS – Aumento de 2,1% no 1º semestre. Mas a variação das receitas está diminuindo: no acumulado até maio, o crescimento era de 2,9%.
  • MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS – Alta de 8,8% no 1º semestre. Apesar do bom crescimento, a taxa está em declínio. Até maio, a expansão era de 11,3%.
  • PRODUTOS DE MADEIRA – Crescimento de 13,7% no 1º semestre. A trajetória é ascendente: no acumulado até maio, a taxa de expansão era de 12,2%.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.