Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Fachada Minuto Pão de Açúcar
A bandeira Minuto Pão de Açúcar existe desde 2014 e agora ganha novo formato, mais tecnológico| Foto: Divulgação GPA

Com uma parceria estratégica com a Microsoft, o Grupo Pão de Açúcar abrirá um novo modelo de loja da bandeira Minuto Pão de Açúcar, no conceito phygital, que une a experiência das lojas físicas com o digital. A primeira unidade será inaugurada ainda em 2019. A princípio, o projeto está desenhado apenas para a cidade de São Paulo.

A nova Minuto Pão de Açúcar funcionará em contêineres e tentará oferecer uma experiência amparada nos dois “is”: imediatismo e interatividade. “Com o rompimento das barreiras entre o mundo online e off-line, os clientes esperam que suas experiências em loja sejam tão personalizadas e dinâmicas quanto no ambiente digital”, diz Antonio Salvador, diretor de transformação digital e e-commerce do GPA.

“O modelo de negócio em si é uma tendência mundial: uma loja menor, com menor quantidade itens, baixíssimos gastos com mão de obra”, avalia Ricardo Baccarat, da AGR Consultores.

Na visão de Baccarat, o objetivo do GPA com este novo formato de loja é conseguir um tempo de maturação mais rápido, com custos operacionais reduzidos e rentabilidade veloz. Os itens comercializados devem ser voltados à praticidade, como alimentos prontos no esquema grab and go.

“O público deste tipo de estabelecimento é jovem, na média de 20 a 35 anos, um pessoal mais atento às tecnologias. Os pontos das lojas também devem ser próximos a grandes centros comerciais, como a Avenida Paulista”, acredita o consultor.

Baccarat cita o exemplo da chinesa Bingo Box, rede de lojas de conveniência em contêineres que funciona 24 h que não possui funcionários, e que hoje já possui mais de 200 unidades abertas e quer chegar a 5 mil. Com um detalhe: as lojas da Bingo Box podem ser movidas de lugar. A Bingo Box opera em conjunto com o WeChat, aplicativo chinês “faz-tudo”, de troca de mensagens à pagamentos.

No Brasil, o Zaitt é pioneiro no modelo de loja autônoma e possui uma parceria com o Carrefour. “Este é um movimento natural do mercado, e não deve se restringir a GPA e Carrefour”, avalia Baccarat.

Autonomia para o consumidor

A primeira loja modelo Minuto Pão de Açúcar será equipada com sensores capazes de interagir com os aplicativos de e-commerce do grupo. Uma das soluções que atrelam físico e digital são os lockers, que permitem que o cliente faça suas compras pelo app e retire na loja física. O produto fica em um armário e é preciso digitar um número de liberação informado via aplicativo no momento da compra.

A loja modelo também abrigará outras iniciativas desenvolvidas pelo GPA que têm como objetivo agilizar o checkout. Uma delas é o pre-scanning, já em teste em laboratório na Unidade do Pão de Açúcar Jardim Paulista, em São Paulo. Nesta modalidade, um funcionário fica equipado com um leitor de código de barras móvel e faz o pré-escaneamento das compras dos clientes. Depois disso, o cliente recebe um QR Code e pode se dirigir diretamente à seção de autoatendimento e realizar o pagamento com um único código.

Já o scan and go permite que o consumidor escaneie o código de barras do produto pelo aplicativo de celular e faça por ali mesmo o pagamento. O cliente pode, ainda, optar pelo formato Shop and Go, em que realiza suas compras na loja física e recebe seus produtos em casa, em até quatro horas, com pagamento apenas no momento da entrega.

Concluídas as compras, o cliente recebe um QR Code que apresenta na saída da loja, e então as catracas são liberadas. Outras tecnologias como reconhecimento facial e self-check out também estão no radar para agilizar o processo de pagamento das compras e evitar que o cliente precise pegar filas.

Salvador reforça que o GPA tem um histórico de pioneirismo em tendências de mercado e experiências com o consumidor, e a parceria com a Microsoft é mais um passo nesta jornada. “O consumidor brasileiro tem utilizado todas as tecnologias ao seu alcance para obter o máximo de vantagem em suas compras. A tendência é de que a transformação digital se torne cada vez mais frequente e natural”, diz.

No caso da Minuto Pão de Açúcar phygital, as lojas continuarão tendo funcionários para atender e auxiliar os clientes, apesar das facilidades que incentivam a autonomia. Sobre funcionamento 24 h, o GPA informa que a questão não está em avaliação no momento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]