i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
SCPC

Consumidor buscou menos crédito em julho

Para serviço de crédito, baixo movimento reflete incerteza da economia

  • PorAgência Estado
  • 25/08/2014 07:56

A demanda dos consumidores por crédito caiu 7,8% em julho na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Em outras bases comparativas, as retrações foram menos expressivas: de 3,2% no acumulado do ano; de 2,1% nos doze meses encerrados em julho, ambos ante igual período de 2013; e de 1,5% ante junho, já descontados os efeitos sazonais.

Considerando os segmentos que compõem o indicador geral, a Boa Vista destaca que a retração se intensificou no acumulado em 12 meses nos dois segmentos analisados. Nesta base de comparação, a diminuição da demanda por crédito nas instituições financeiras passou de -4,3% para -5,0%, na margem, e de 1,3% para -2,0% no setor não financeiro, no período.

Segundo a Boa Vista, o movimento registrado "segue em linha com o cenário de incerteza que ainda permeia a economia brasileira". Entre os fatores que explicam o recuo na demanda por crédito estão a cautela do consumidor e o aperto monetário.

Na análise de cenário para os próximos meses, a instituição afirma ser possível verificar uma reversão desta tendência devido às medidas macroprudenciais anunciadas pelo Banco Central que devem suavizar o aperto monetário e acabar por estimular a demanda. "Além disso, a médio prazo, as novas reformas microeconômicas divulgadas pelo Ministério da Fazenda, neste mês deverão impactar também de maneira positiva os fatores de oferta, agindo em sintonia com as já citadas medidas do Banco Central, reforçando consecutivamente os incentivos à demanda por crédito", diz a nota.

O indicador de Demanda por Crédito - Pessoa Física é elaborado a partir da quantidade de consultas de CPF realizadas por empresas à base de dados da Boa Vista. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.