Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Copel estreia nesta quinta-feira (15) no ramo de gás natural no Paraná, com a assinatura dos contratos de concessão de dois blocos para exploração do combustível. Os blocos foram arrematados no leilão da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis em novembro do ano passado. O investimento do consórcio integrado pela Copel e outras três empresas deve ser de cerca de R$ 100 milhões na primeira fase da exploração, com duração de quatro anos.

Durante esse período, devem ser aprofundados os estudos para identificar a capacidade de produção dos blocos. Caso eles apresentem potencial comercial, a produção pode se estender por 27 anos.

Os blocos somam uma área total de 6 mil quilômetros quadrados nas regiões de Pitanga e Guarapuava, na Bacia do Paraná. De acordo com a Copel, o gás natural pode ser canalizado para distribuição pela Compagas a polos industriais ou servir de combustível a usinas térmicas, incrementando o parque gerador da Copel.

Mais concessões

Outros dois blocos arrematados no leilão de novembro devem ter os contratos para exploração assinados no próximo dia 5. O Conselho de Defesa Nacional ainda avalia as concessões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]