i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Desempenho

CSN fecha 2012 com prejuízo de R$ 420 mi

A companhia atribuiu o desempenho negativo à reclassificação de perdas com ações da Usiminas. No período, as perdas com os papéis somaram R$ 1,3 bilhões

  • PorFolhapress
  • 29/03/2013 11:00

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) informou na noite desta quinta-feira (28) que teve lucro líquido atribuído aos acionistas controladores de R$ 331,8 milhões no quarto trimestre de 2012, queda de 60,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. Apesar da queda, o lucro superou a previsão de analistas devido a maiores vendas no período e a receita líquida subiu 10,3%, para R$ 4,6 bilhões, impulsionada por um avanço de 13% no mercado interno.

No ano, a siderúrgica fechou 2012 com prejuízo de R$ 420,1 milhões - após lucro de R$ 3,7 bilhões em 2011. A companhia atribuiu o desempenho negativo à reclassificação de perdas com ações da Usiminas. No período, as perdas com os papéis somaram R$ 1,3 bilhões.

O aumento no custo de produção fez com que o resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficasse R$ 1,2 bilhão em valores ajustados, 16,4% menor que o apurado um ano antes, e a margem Ebitda caiu de 35% para 27% na comparação trimestral.

O resultado também foi prejudicado por perdas financeiras líquidas de R$ 550 milhões, decorrente do maior passivo do grupo. Os encargos da dívida somaram R$ 522 milhões. Também foram registrados no balanço despesas de R$ 35 milhões com atualização monetária de parcelamentos fiscais, além de variações monetárias e cambiais de R$ 78 milhões, incluindo os resultados com derivativos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.