i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Vitrine

De celular fininho a Blackberry sem teclado

  • PorCamille Bropp Cardoso
  • 25/10/2013 21:20
Q10 e Z10, da Blackberry: A marca canadense quer conquistar um público jovem sem deixar de lado os que amam o seu teclado QUERTY. Para esses, o lançamento mais recente é o Q10, que promete leveza, agilidade ao digitar e tela de 3,1 polegadas sensível ao toque. O modelo ainda não tem preço no Brasil. Já o Z10 tem tela que reúne atalhos e alertas sobre redes sociais, mensagens e ligações, tudo ao mesmo tempo – pode ser meio confuso para uns, mas prático para quem sabe lidar com milhares de informações. Destaque para a câmera que faz cinco fotos por segundo, perfeita para quem pisca muito, e para a bateria poderosa. Custa R$ 2 mil | Divulgação
Q10 e Z10, da Blackberry: A marca canadense quer conquistar um público jovem sem deixar de lado os que amam o seu teclado QUERTY. Para esses, o lançamento mais recente é o Q10, que promete leveza, agilidade ao digitar e tela de 3,1 polegadas sensível ao toque. O modelo ainda não tem preço no Brasil. Já o Z10 tem tela que reúne atalhos e alertas sobre redes sociais, mensagens e ligações, tudo ao mesmo tempo – pode ser meio confuso para uns, mas prático para quem sabe lidar com milhares de informações. Destaque para a câmera que faz cinco fotos por segundo, perfeita para quem pisca muito, e para a bateria poderosa. Custa R$ 2 mil| Foto: Divulgação
  • Ultrabook E7440, da Dell: O modelo tem tela com opção touchscreen e processadores Core i5 ou i7, da nova geração da Intel. A promessa é mais performance gráfica. Outro ponto forte segundo a divulgação é a resistência do chassi, que segue padrão militar americano. O display de toque também vem equipado com vidro reforçado (da fábrica Corning Gorilla Glass NBT). A proposta da Dell é que os ultrabooks sejam adotados por empresas. Já à venda ao lado de outros modelos da família Latitude 7000, o E7440 custa R$ 3,3 mil
  • Huawei Ascend P6: Pergunta inevitável a quem vê um smartphone tão fino: bateria e câmera compensam? O P6 tem duas câmeras – frontal com 6 megapixels, e traseira, com 8 megapixels. Um diferencial é o modo
  • LG 300, com Firefox OS: Pensado para oferecer o básico com preço baixo, o modelo da LG é o primeiro a rodar o sistema operacional Firefox, recém-lançado no Brasil. Tem câmera de 5 megapixels, 4 GB de armazenamento e tela de 4 polegadas. Bom é o preço: R$ 450, muito por causa do OS livre.

Cada vez mais voltado a questões de gestão e de infraestrutura das telecomunicações, o Futurecom deste ano, no Rio de Janeiro, trouxe poucos lançamentos para fanáticos por eletrônicos. Mas boa parte do que veio foi mesmo em busca de impressionar o consumidor que quer mais por menos… com pouco peso.

Nisso se enquadra principalmente o lançamento da chinesa Huawei. Considerado o celular mais fino do mundo, com seus 6,18 milímetros de largura, o Ascend P6 terá pré-venda no Brasil em novembro, pela internet. O preço – mantido em segredo – será "agressivo", afirma a marca.

Outra aposta peso-pena é da Dell. O ultrabook E7440 pesa 1,63 quilo e tem tela de 14 polegadas. Já os celulares com sistema operacional livre Firefox – baseado no Linux e lançado só agora pela Mozilla no Brasil – prometem pesar menos, neste caso no bolso.

Fora isso, a Blackberry, sob rumores de possível venda para a chinesa Lenovo, tenta apagar a imagem de marca que já foi sinônimo de celular sisudo. Os modelos prometem mais agilidade sem dispensar o teclado QUERTY (Q5 e Q10), ou investem em câmeras que comovem apaixonados por autorretratos, os "selfies" (Z5, Z10 e Z30). Confira mais detalhes sobre os lançamentos:

Lançamentos

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.