Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O salto na demanda por espaço para a transmissão de dados e a explosão no volume de tráfego de dados significa que as empresas de telecomunicações terão que aumentar seus gastos com componentes ópticos para desobstruir e administrar melhor suas redes.

Isso significa que fabricantes de componentes ópticos como Finisar, JDS Uniphase e Oclaro poderão ver um aumento em suas vendas, em um mercado estimado em cerca de US$ 4,7 bilhões, segundo a consultoria Ovum.

Esse novo ciclo de produção deve elevar o crescimento do mercado de componentes ópticos para dois dígitos durante vários anos consecutivos, disse o vice-presidente de componentes da Ovum, Daryl Inniss.

Empresas como Cisco Systems, a chinesa Huawei e Alcatel-Lucent usam componentes de fibras ópticas na fabricação de seus produtos. Já fabricantes de equipamentos de telecomunicações e as próprias operadoras de telefonia representam 70% da demanda por componentes ópticos, enquanto que o resto da procura é preenchido pelo setor de tecnologia da informação.

O setor de fibras ópticas também vê a demanda crescer entre empresas como Facebook, Google e eBay, que precisam dos equipamentos para sustentar seus gigantescos centros de dados.

Segundo Inniss, o mercado de componentes ópticos cresceu 11% em 2007 e 2008, mas caiu 15% no ano passado devido à crise global. A expectativa, de acordo com a Ovum, é de crescimento de 30% este ano e de entre 15% e 20% em 2011.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]