i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
EUA

Economia deve se curar sozinha, diz Greenspan

Ele afirmou que os esforços de estímulo fiscal não atenderam às expectativas e que o governo do país agora precisa sair do caminho e deixar que as empresas e os mercados deem força à recuperação econômica

  • PorAgência Estado
  • 15/09/2010 08:54

O ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) Alan Greenspan afirmou que os esforços de estímulo fiscal não atenderam às expectativas e que o governo do país agora precisa sair do caminho e deixar que as empresas e os mercados deem força à recuperação econômica. "Nós precisamos encontrar um meio de acalmar o ativismo que existe" contra os gastos com estímulos do governo "e permitir que a economia se cure" sozinha disse Greenspan em um evento no Conselho sobre Relações Externas, em Nova York.

Neste momento, segundo ele, "nós provavelmente estaríamos em uma situação melhor fazendo menos do que mais", porque "estaríamos em uma situação melhor para permitir que as forças normais do mercado operassem aqui". Greenspan observou que o ouro, cujo preço vem subindo, ainda representa o "máximo meio de pagamento". O que está ocorrendo nesse mercado "é um sinal de que existe um problema com relação aos mercados cambiais". O ex-presidente do Fed reconheceu que o problema não é grande, mas o salto nos preços do ouro merece atenção.

Greenspan também afirmou que os EUA precisam fazer algo agora para lidar com os déficits orçamentários. A autoridade explicou que sua ansiedade é tão grande que ele está, pela primeira vez em sua memória, apoiando impostos mais altos somados a gastos reduzidos, incluindo permitir que os chamados impostos Bush expirem.

"Nossa escolha não tem sido entre bom e ruim, tem sido entre terrível e pior", declarou Greenspan. O país tem "um nível de compromissos (...) que eu não acredito que nós podemos fisicamente atender", afirmou o ex-presidente do Fed, a não ser que haja enormes mudanças em como o governo se autofinancia. As informações são da Dow Jones.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.