Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) "vitamine a economia" e empreste R$ 100 bilhões em 2010. Em reunião com a diretoria do banco na tarde de ontem, Lula pediu ao presidente do Banco, Luciano Coutinho, que estabeleça essa meta. Para Lula, a economia brasileira deixou de ser um "paciente na UTI" e se tornou um "cidadão que faz cooper na avenida Atlântica".

O presidente do banco, Luciano Coutinho, não descartou a possibilidade, mas preferiu não estabelecer a marca para não frustrar expectativas, segundo fontes que participaram do encontro.

Coutinho expôs o desempenho do banco e afirmou que a aceleração das aprovações mostram que, para manter a atual proporção no total de investimentos privados do país, o BNDES encerraria 2008 com desembolsos na casa de R$ 70,5 bilhões. Nos últimos 12 meses encerrados em agosto, o banco já liberou cerca de R$ 62 bilhões e caminha para cumprir o orçamento para este ano, de até R$ 65 bilhões.

"O presidente está satisfeito e falou que nós temos de acelerar as atividades, manter o suporte ao investimento, que vem em ascensão. Que o BNDES não pode faltar ao Brasil, não pode faltar à economia brasileira neste momento", afirmou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]