Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os economistas ouvidos pelo Banco Central na pesquisa semanal Focus prevêem um corte de 1,75 ponto porcentual na taxa básica de juros da economia brasileira ao longo de 2009. Caso a expectativa se confirme, a Selic sairá dos atuais 13,75% para 12% ao ano nos próximos doze meses.

A previsão de queda maior nos juros foi acompanhada por uma melhora em relação à inflação e ao crescimento da economia no próximo ano. O levantamento do BC mostra que subiu a perspectiva para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 de 2,40% para 2,44%. Para este ano, a previsão está em 5,6%. Ainda segundo a pesquisa, o mercado aposta que o dólar estará em R$ 2,25 no fim do ano que vem – um aumento de 2,27% sobre a projeção anterior.

Em relação às estimativas de variação nos preços, o IPCA previsto para 2009 recuou de 5,02% para 5%. O número fica um pouco acima do centro da meta de inflação traçada pelo BC, de 4,5% com margem de 2 pontos porcentuais a mais ou a menos. As previsões para o IGP-DI e para o IGP-M ficaram em 5,50%.

A estimativa para o saldo da balança comercial em 2009 subiu de US$ 14,5 bilhões para US$ 15 bilhões e a expectativa para o déficit em conta corrente caiu de US$ 29 bilhões para US$ 25 bilhões. Por outro lado, caíram também as expectativas de investimentos estrangeiros diretos, de US$ 22 bilhões para US$ 21,5 bilhões. A previsão para a relação dívida/PIB no fim do próximo ano ficou em 37,10%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]