i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Impacto

Em ano ruim, medida traria alívio

  • 27/06/2006 18:32

"Mesmo que (o preço dos caminhões) baixe 50% não vou conseguir trocar a frota", lamenta Carlos Cezário, sócio da transportadora curitibana Rodoac, referindo-se ao projeto de lei que isenta produtores de caminhão do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Para ele, uma medida mais eficaz para estimular a compra de novos veículos seria facilitar o crédito. Na empresa dele, o faturamento caiu 20% no último ano, e dos 53 camihões existentes apenas cinco estão quitados. "Esse é um ano sem precedentes", diz, referindo-se aos efeitos da seca que afetou a produção agrícola e ao dólar baixo, que reduz a produção da indústria como um todo. "Tem caminhoneiro passando meses fora de casa para arranjar trabalho", concorda Diumar Bueno, presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos.

A falta de mercadoria para transportar teve reflexos na produção e nas vendas dos fabricantes de caminhões. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea), neste ano a produção já caiu 13% entre janeiro e maio, assm como as vendas ao consumidor final, com o licenciamento de 26.290 unidades.

Caindo aos pedaços

1,5 milhão de caminhões é o número estimado da frota no Brasil, muitos em uso há mais de 24 anos.

18 anos é a média de idade da frota brasileira de caminhões, entre veículos pertencentes a cooperativas, transportadoras e caminhoneiros.(HC)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.