i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
carreira

Ex-atleta olímpico, curitibano troca pistas de corrida pela computação e fatura milhões

Pedro Chiamulera trouxe lições do esporte para os negócios ao desenvolver software de gestão de fraudes

  • PorLarissa Fanes
  • 28/06/2016 10:05
Pedro Chiamulera começou a se aproximar do mundo da computação enquanto treinava nos Estados Unidos | Ivan Almeida /Divulgação
Pedro Chiamulera começou a se aproximar do mundo da computação enquanto treinava nos Estados Unidos| Foto: Ivan Almeida /Divulgação

A trajetória do curitibano Pedro Chiamulera é um exemplo para aqueles que sonham em empreender, mas ainda não foram impactados por uma grande ideia. O fundador da empresa de tecnologia ClearSale prova que as características de um profissional que leva a empresa ao sucesso podem ser alimentadas antes mesmo da grande oportunidade de negócio aparecer. No caso dele, elas se desenvolveram ainda na adolescência, quando foi tomado pelo sonho de competir nas Olimpíadas.

Pedro Chiamulera nasceu em Curitiba e, a exemplo do irmão mais velho, começou a treinar no atletismo. O irmão competia na modalidade de salto com vara e ele, na corrida com obstáculos. Chiamulera conseguiu fazer a relação entre a rotina e os resultados obtidos pelo irmão no esporte e, assim, planejou suas próprias ações e estratégias para chegar onde planejava.

“Vendo meu irmão, eu percebi que poderia fazer mais, treinar mais pesado e por mais horas no dia. Assim, analisei o quanto tinha que me esforçar para chegar até o meu sonho: as Olimpíadas”, afirma. O ingresso em uma equipe nacional lhe rendeu a oportunidade de treinar nos Estados Unidos– o que também lhe permitiu, lá fora, conhecer mais sobre computação.

O sonho de ser um atleta olímpico se concretizou em 1992, nos jogos de Barcelona, e em 1996, em Atlanta. Chiamulera correu nas provas de 100 e 400 metros com barreiras, mas não chegou a ganhar medalhas. Nesse meio tempo, despertou o interesse por outra área: a de tecnologia. Em 1993, adquiriu o diploma em Ciências da Computação pela Point Loma Nazarene College, de San Diego.

Chiamulera, na época em que ainda atuava como atletaDivulgação

Barreiras no mercado

De volta ao Brasil, Pedro Chiamulera foi contratado para desenvolver o sistema de prevenção de fraudes de uma grande loja de departamentos e começou a formar sua rede de contatos na área. Com o mesmo olhar analítico que usou para montar sua rotina de treinos, percebeu a oportunidade de empreender na gestão de riscos para empresas de e-commerce, segmento que começava a se expandir no início dos anos 2000.

Foi assim que ele desenvolveu um software próprio para a área e fundou a ClearSale, em 2001. O início não foi fácil. Chiamulera aliou o conhecimento técnico que tinha na área com as competências desenvolvidas na vida no esporte. O problema é que, mesmo com uma rotina organizada e com foco em resultados, a experiência em gestão deixava a desejar.

Para piorar, com o aquecimento do mercado de tecnologia, em 2005, muitos funcionários deixaram a empresa, atraídos por salários maiores. Nesta época, o faturamento da ClearSale não passou de R$ 600 em alguns meses.

Inovação

Foi o amigo Bernardo Lustosa quem trouxe a luz que faltava para a empresa. Lustosa tinha a experiência necessária para organizar o rendimento e alavancar o crescimento dos negócios. Nessa época, Chiamulera conseguiu recorrer à computação em nuvem para incrementar o software da empresa. Assim, o sistema começou a ganhar espaço por ser mais prático e ágil.

Os amigos transformaram a parceria em uma sociedade que, desde 2008, gerou resultados suficientes para situar a ClearSale como líder em gestão de risco de fraude em e-commerce. Hoje, eles atendem 80% das transações do e-commerce brasileiro. Em 2015, o faturamento da empresa foi de R$ 78 milhões.

O lado atleta de Chiamulera ainda é muito forte. Ele aplica as lições da vida esportiva no seu jeito de expressar e organizar o mundo dos negócios. “Eu competia individualmente, mas tinha um time de profissionais que me ajudava. Na ClearSale foi assim também. Eu tinha o sonho e muitas ferramentas, mas só quando o Bernardo entrou na empresa que nós nos tornamos um time e conseguimos virar o jogo”, diz.

O CEO afirma que o trabalho de toda a sua equipe é motivado pelo propósito coletivo de acabar com a fraude online no país. É isso que faz a empresa atuar com qualidade em todas as etapas, reforça.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.