i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
ENERGIA

Casal desenvolve tecnologia para criar “estradas solares” que geram energia

Sistema ultra resistente poderia atender a demanda energética de países inteiros e ainda tornar caminhos mais seguros. Novidade está em fase de testes nos Estados Unidos

  • PorClaudia Guadagnin, especial para Gazeta do Povo
  • 08/07/2016 15:10
Mais duráveis que o asfalto, as placas solares têm saída para águas pluviais e a característica modular facilita a manutenção. | Divulgação/SolarRoadways
Mais duráveis que o asfalto, as placas solares têm saída para águas pluviais e a característica modular facilita a manutenção.| Foto: Divulgação/SolarRoadways

Em 2006, um casal de engenheiros norte-americanos, Scott e Julie Brusaw, imaginou algo ousado: uma estrada feita de um vidro resistente que comportasse módulos solares conectados à rede elétrica capazes de gerar energia para abastecer carros, países inteiros e ainda tornar os caminhos mais seguros. As ruas também emitiriam sinais de alertas luminosos diante de riscos iminentes.

Oito anos depois, em 2014, o recurso inicial para tirar a ideia do papel chegou. Por meio de um site de financiamento coletivo, US$ 2 milhões foram arrecadados pela Solar Roadways, a startup criada pelo casal, de Idaho. A empresa fabrica painéis solares hexagonais. Mais duráveis que o asfalto, eles têm saída para águas pluviais e a característica modular facilita a manutenção.

Scott e Julie Brusaw, os donos da tecnologia da estrada solar.

Aplicações

Até agora, três rodadas de testes da novidade já foram completadas com o Departamento de Transportes dos Estados Unidos. O projeto também chamou a atenção do Missouri. O estado norte-americano pretende instalar os painéis em uma calçada em frente ao Welcome Center, na cidade de Conway, como parte de um projeto piloto.

As estruturas poderiam substituir qualquer pavimento, entre eles, ruas, estradas, estacionamentos, calçadas, ciclovias e até parques infantis. Segundo os idealizadores, se instaladas em todas as rodovias dos Estados Unidos, as placas captariam luz suficiente para produzir três vezes mais energia do que a média consumida atualmente por todo o país.

Outro benefício que a inovação pode trazer é economia na remoção de neve e gelo das ruas, necessária nos meses de inverno. Os módulos solares podem ser equipados com um elemento de aquecimento capaz de derreter as porções que se acumulam nas vias e dificultam o trânsito.

Um vídeo divulgado pelo casal mostra a resistência da tecnologia, capaz de suportar o peso de um trator.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.