Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Babilônia do Batel, a única unidade aberta 24 horas, definiu o conceito da marca | Marcelo Andrade/ Gazeta do Povo
Babilônia do Batel, a única unidade aberta 24 horas, definiu o conceito da marca| Foto: Marcelo Andrade/ Gazeta do Povo

Crescimento moderado, mas consistente com a nova proposta

Da abertura da primeira loja no Batel, em 2003, à inauguração da segunda unidade do Babilônia Gastronomia passaram-se sete anos. Sócio do restaurante, Marcelo Woellner Pereira conta que isso aconteceu porque os irmãos cuidavam também de outras empresas à época. Entre elas, o restaurante Mediterrâneo, que integra o grupo até hoje. "Também demorou porque acreditávamos que era difícil ter mais uma unidade do Babilônia em Curitiba, mas estávamos enlatados no formato 24 horas. Quando conseguimos nos libertar desse conceito vimos que era possível", conta.

Franquia

Em 2010, junto com o processo de formatação da franquia da marca, era inaugurada a segunda unidade do restaurante e a primeira franqueada, no Shopping Mueller. A partir daí o ritmo de expansão se deu com a abertura de uma nova loja por ano. Em 2011 veio a terceira unidade, em Blumenau – fechada neste ano. Um ano depois, a do Cabral e em 2013, a do Shopping Palladium, ambas lojas próprias. A mais nova franquia do restaurante foi inaugurada neste ano no Shopping São José dos Pinhais.

"O primeiro exercício foi fazer a lição de casa. Pesquisamos, contratamos uma consultoria e formatamos a franquia", lembra Marcelo. Para ele, esses cuidados e o laboratório realizado com os primeiros franqueados durante esses quatro anos trouxeram segurança para o projeto de expansão em 2015. A marca tem diversas solicitações de novas franquias em cidades como Maceió, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Um lugar que reúne sabores do mundo todo e que é lembrado por estar sempre de portas abertas, não importa o horário. Este é o Babilônia Gastronomia, um dos primeiros espaços gastronômicos da cidade com proposta 24 horas. Onze anos após a inauguração da primeira loja no Batel – única da rede que não fecha nunca – a marca tem o reconhecimento dos clientes das suas cinco unidades em Curitiba e São José dos Pinhais e planeja a expansão do negócio para outras regiões do Brasil.

Assista ao vídeo e conheça melhor a empresa premiada A proposta inovadora do negócio, já que na década passada era raríssimo de se encontrar locais para degustar um bom prato na madrugada curitibana, nasceu da experiência e do olhar atento dos sócios e irmãos Marcelo Woellner Pereira e Carlos Eduardo Woellner Pereira às oportunidades da vida noturna da cidade.

Eles iniciaram no ramo gastronômico em 1995, trabalhando com refeições corporativas, e três anos depois se lançaram à gastronomia comercial com um restaurante por quilo. Depois foi a vez de uma pizzaria até que, em 2003, abriram as portas do negócio que hoje dá nome ao Grupo Babilônia, formado também pelo restaurante Mediterrâneo e a Forneria Babilônia.

A inspiração para a oferta de boa gastronomia na madrugada veio do movimento das lojas de conveniência dos postos de combustíveis e recebeu pitadas extras de serviços, como panificadora, revistaria e loja de objetos de decoração. "Queríamos um conceito diferente, um ambiente gastronômico que não fosse apenas um restaurante", conta Marcelo.

O cardápio diversificado é outro ingrediente fundamental do sucesso do restaurante, que atende cerca de 60 mil clientes por mês em suas cinco lojas. As opções partem do café da manhã, com o tradicional pão na chapa, e passam pelo almoço de negócios e o happy hour com os amigos. O jantar com a família, o esquenta antes da balada e o lanche da madrugada também estão garantidos. Todos os pratos são servidos em qualquer horário. "Se o cliente quiser comer um prato de macarrão [um dos carros-chefes do restaurante] às 5 h da manhã, vai conseguir", afirma Marcelo.

Para manter tudo isso funcionando com qualidade e excelência, a empresa conta com uma equipe de 320 funcionários, entre lojas próprias e franquias, e um processo de gestão baseado em modelos de sucesso e adaptado à operação do restaurante.

Marcelo conta que cada unidade tem o acompanhamento de uma nutricionista própria encarregada das operações e que as lojas recebem visitas frequentes da supervisora, o que garante a padronização dos pratos, cardápio e apresentação dos espaços. "Não inventamos a roda, utilizamos como base de gestão um projeto que implantamos na nossa primeira empresa e que qualifica para a certificação ISO 9001. A diferença é que não chamamos uma auditoria externa para tal. Nossa certificação vem do reconhecimento que recebemos dos clientes e prêmios em revistas especializadas, que atestam nossa referência. É isso o que nos motiva a continuar nesse caminho", conclui Marcelo.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#appId=254792324559375&xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Bem Feito no Paraná 2014 | 1:59

Conveniência e qualidade 24 horas para o cliente

O Restaurante Babilônia é Bem Feito no Paraná porque além de vender comida para todos os públicos, 24 horas, tem adega, panificadora, revistaria e até objetos de decoração. O Babilônia nunca fecha e agora vai abrir franquias em vários estados.

VER MAIS VÍDEOS

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]