i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
administração

O Pequeno Polegar ensina como profissionalizar gestão das escolas

Empresa investe de 10% a 12% do faturamento em inovação e conta com instrumentos de acompanhamento e desenvolvimento de pessoas

  • PorJéssica Sant’Ana
  • 06/11/2015 19:37
Haroldo Andriguetto Júnior, coordenador geral da escola: negócio familiar virou referência em educação. | Fotos: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo
Haroldo Andriguetto Júnior, coordenador geral da escola: negócio familiar virou referência em educação.| Foto: Fotos: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Muitas escolas primárias ainda adotam o velho hábito de anotar na agenda recados para os pais. Na escola O Pequeno Polegar, o responsável fica sabendo em tempo real a hora em que a criança passa pela catraca, qual o cardápio do almoço, as atividades previstas ao longo do dia, avisos de indisciplina e boletim com desempenho escolar, tudo através de um aplicativo para celular.

A inovação é um dos diferenciais do estabelecimento de ensino da família Andriguetto, vencedor da categoria comércio e serviços pequenas empresas do Prêmio Bem Feito no Paraná 2015, uma realização da Gazeta do Povo em parceria com a Escola de Comunicação e Negócios da Universidade Positivo. É o bicampeonato da escola para alunos de um a dez anos com sede em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

A virada no rumo do negócio aconteceu há cinco anos, quando os filhos de Lula Andriguetto resolveram profissionalizar a gestão da escola fundada pela matriarca em 1983. Os novos administradores lançaram o aplicativo, implantaram um sistema de gestão integrado e inseriram instrumentos de acompanhamento e desenvolvimento de pessoas, como coaching para os coordenadores e mentoria para os professores, além dos treinamentos contínuos de aperfeiçoamento.

A mudança trouxe resultados visíveis. Nos últimos dois anos, a lucratividade da empresa aumentou, em média, 18%, e o faturamento chegou a R$ 3,3 milhões por ano. A taxa de evasão caiu de 10% para 3% e a rotatividade dos colaboradores é quase nula, com exceção daqueles que se aposentam.

As salas de aula também ficaram cheias. São quase 500 alunos matriculados neste ano, enquanto em 2013 o número era 360. “Estamos no melhor momento da escola”, garante o coordenador-geral Haroldo Andriguetto Júnior.

Negócio em família

O segredo para o crescimento está na gestão familiar profissional. Em cada função chave, há um filho da dona Lula, diretora-geral do grupo. Haroldo Júnior, formado em administração, é o coordenador-geral. Fernando, psicólogo, é o coordenador de gestão de pessoas. O engenheiro Fábio é o coordenador da área de apoio e alimentos e o também engenheiro Fabrício é o gestor de tecnologia que fornece todo o aparato tecnológico para a escola.

“Temos na grande maioria das escolas primárias uma gestão professoral, em que um professor ou pedagogo é lançado aos cargos de gestão”, explica Haroldo Júnior. No Pequeno Polegar, a família Andriguetto conseguiu aliar os objetivos empresariais aos de ensino, mantendo a qualidade na prestação do serviço. “Olhamos para a área pedagógica com olhar de professor”, diz Júnior.

Investimento

A escola investe de 10% a 12% do faturamento em inovação tanto para a parte administrativa quanto de ensino. Outro diferencial é fazer um planejamento estratégico anual com antecedência, garantindo que os pais não sejam pegos de surpresa e precisem pagar nenhuma taxa extra durante o ano letivo. “Em novembro de 2015, já sabemos tudo o que vai acontecer em 2016”, afirma Júnior.

O administrador garante que gerir uma escola é um grande desafio, já que o produto oferecido – o conhecimento – é de difícil mensuração e padronização. “O grupo com que lidamos é altamente especializado e heterogêneo. Hoje você tem que ter muita capacidade de liderança e de gestão para conseguir colocar as metas da empresa junto com as da área pedagógica”, reforça.

Desenvolvimento pessoal em 1º lugar

Entre as atividades dos estudantes estão as aulas de línguas, de contação de histórias e de capoeira.Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

O slogan d’O Pequeno Polegar é “uma escola humana”. Para que isso deixe de ser apenas uma frase de efeito e passe a ser incorporada na cultura organizacional, a empresa foca no desenvolvimento pessoal, tanto dos alunos quanto dos funcionários.

As crianças passam o mínimo de tempo em sala de aula e em contato com atividades de reprodução, pois o foco são as atividades de criação. Os alunos têm aulas de contação de história, inglês, música, capoeira e balé, tudo em espaços abertos ou lúdicos. Mas o grande diferencial são os territórios de aprendizagem, aulas ao ar livre com brinquedos e materiais reciclados para pintar, criar, montar e costurar.

“Na busca por inovação, queríamos algo que conseguisse atrair os alunos de hoje em dia. Eles estavam muitos dispersos, parecia que a escola não era mais atraente, só tecnologia encantava. Fomos atrás dos referenciais das melhores escolas de educação infantil que estão na Itália e trouxemos para cá”, diz o coordenador-geral da escola, Haroldo Andriguetto Júnior.

Para 2016, estão previstas aulas interdisciplinares de inteligência emocional, método chancelado pelo doutor em psicologia Augusto Cury. “Aquilo que hoje em dia é trabalhado somente na faculdade, vamos trabalhar no ensino primário”, afirma Júnior. Haverá aulas de orientação pessoal, como lidar com perdas e frustações e saber dizer não.

Formação continuada

Para os funcionários, o diferencial está em aulas de coaching para os coordenadores e mentoria para os professores, além de formação específica para todas as funções mensalmente.

Anualmente também é feito um treinamento de imersão para todos os 46 funcionários. São 24 horas dedicadas a desenvolver habilidades pessoais que reflitam o slogan de ser uma escola humana. “Estamos em um nível de maturidade organizacional. Todos recebemos e trocamos feedback”, garante Júnior.

Escola O Pequeno Polegar dentro e fora de sala de aula

Com o intuito de ser uma escola humana, O Pequeno Polegar trás inovações das melhores escolas do mundo para implementar no seu sistema de ensino.

+ VÍDEOS

DADOS

Veja os principais diferenciais da vencedora da categoria comércio e serviços pequeno do Prêmio Bem Feito no Paraná 2015:

Perfil e segmentação

A escola fica em São José dos Pinhais, em uma sede com 1.900 m². São 46 funcionários e quase 500 alunos de um a dez anos.

Ensino

Maioria das aulas em espaços abertos ou lúdicos, territórios de aprendizagem e aulas de inteligência emocional.

Gestão

Coaching para coordenadores, mentoria para professores, treinamentos profissionais para todos os funcionários e app para acompanhamento dos pais.

Resultados financeiros

Faturamento de R$ 3,3 milhões e aumento da lucratividade em 18% nos últimos dois anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.