i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
crescimento econômico

Gasto com pesquisa pode impulsionar economia, diz Fed

  • Poragência estado
  • 16/05/2011 12:29

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Ben Bernanke, sinalizou hoje um suporte às políticas promovidas pelo presidente dos EUA, Barack Obama, ao afirmar que os gastos do governo com pesquisa e desenvolvimento podem ajudar a impulsionar o crescimento econômico. Bernanke não fez comentários sobre política monetária em seu discurso, preparado para uma conferência econômica na Universidade Georgetown.

Bernanke disse que "a tendência do mercado de oferecer pouca quantidade de certos tipos de pesquisa e desenvolvimento fornece uma razão para intervenção do governo". A autoridade destacou que a inovação e as mudanças tecnológicas são essenciais para o crescimento econômico.

Porém, ele alertou que, dadas as atuais restrições orçamentárias os EUA precisam pensar cuidadosamente em suas decisões. "Uma estratégia razoável para o momento poderia ser continuar usando um misto de políticas de suporte a pesquisa e desenvolvimento com o estímulo a abordagens diversas e concorrentes por cientistas e engenheiros que recebem suporte", afirmou.

Mesmo com problemas para lidar com seu crescente déficit público Obama tem defendido mais gastos com pesquisa e inovação para impulsionar o crescimento. O presidente quer investir mais em energia limpa e tecnologia da informação, bem como em pesquisa biomédica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.