Compartilhamento dos assinantes
Paywall da Gazeta do Povo será liberado por meio do botão Enviar de presente, que aparece junto aos conteúdos.| Foto: Gazeta do Povo

A Gazeta do Povo colocou no ar uma funcionalidade que permite o envio de conteúdos exclusivos para leitores que não são assinantes do jornal. Por meio da novidade, o site gera um código de compartilhamento que libera o link das barreiras de acesso e permite a leitura sem entraves.

A liberação do paywall pode ser feita a partir do botão “Enviar de presente”, que aparece logo abaixo dos demais itens de compartilhamento de matérias, na barra vertical à esquerda do navegador (para desktop) ou logo abaixo do título (para navegação mobile). Ao clicar na tecla do pacote de presente, abre-se uma caixa de diálogo em que o assinante poderá escolher a forma de envio. São duas opções: diretamente pelo WhatsApp ou por meio de link que pode ser encaminhado de outras formas.

Ao selecionar a primeira opção, o navegador levará para uma nova aba com mensagem e link prontos para envio ao destinatário escolhido no app. Ali, o convidado recebe a informação de que teve o acesso àquele conteúdo liberado por um assinante da Gazeta do Povo. Caso a opção seja por outras formas de envio, basta clicar no ícone dos elos, à direita na caixa de diálogo. Ao fazer isso, o link será automaticamente copiado para a área de transferência e é só colá-lo na aplicação desejada para passar o material adiante.

O assinante poderá compartilhar até três conteúdos exclusivos por dia e cada um deles pode ser distribuído três vezes. Excedidos esses limites, a ferramenta exibirá um aviso sobre a utilização

De acordo com Guido Orgis, gerente de assinaturas da Gazeta, a ferramenta foi criada a partir de demandas apresentadas pelos próprios assinantes, interessados em compartilhar conteúdos exclusivos. “Estudamos esses pedidos e chegamos a um modelo de compartilhamento que atende essa necessidade”, aponta.

​Ainda segundo Orgis, a novidade “é uma aposta de que o compartilhamento e o debate gerado pelos leitores é muito saudável também para o negócio de assinaturas. Primeiro, porque é o leitor frequente do site que pode dar o testemunho mais fiel da qualidade do serviço que prestamos. E também é quem sustenta esse serviço que agora pode consumir de maneira mais coletiva”.

“Esperamos que os assinantes gostem muito da funcionalidade nova, compartilhem bastante e tragam mais pessoas interessadas no tipo de conteúdo que a Gazeta produz, calcado em um conjunto de convicções muito bem estabelecido", resume o gerente.

45 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]