i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Imposto

Governo descarta estudo sobre mudança do IOF para crédito, diz Appy

  • PorAgência Estado
  • 23/10/2008 15:35

O secretário extraordinário de Reformas Econômico-fiscais do Ministério da Fazenda, Bernard Appy, informou que, no momento, o governo não estuda mudanças na alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para operações de crédito. "No momento, só discutimos IOF para o câmbio", disse.

Ele lembrou que o IOF ainda incide em outras operações de câmbio como, por exemplo, Investimento Estrangeiro Direito (IED), viagens internacionais e importações de serviços. Segundo Appy, o governo não retirou o IOF das aplicações de IED, porque são investimentos de longo prazo e a mudança na tributação "não faria diferença". "Temos também a preocupação fiscal", ponderou

Questionado se o governo poderia tomar outras medidas, o secretário respondeu: "Já temos uma série de medidas que foram adotadas para dar liquidez ao mercado interno. Mas não existe restrição do governo de tomar medidas no futuro".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.