Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, anunciou que o governo dos Estados Unidos vai comprar ações de instituições financeiras. Na quinta-feira, o jornal americano "The New York Times" havia informado que fontes do governo já comentavam a possibilidade de uma nacionalização parcial do sistema bancário americano, como já ocorreu em alguns bancos europeus.

A Rússia e a Espanha também anunciaram ontem planos bilionários para ajudar bancos afetados pela crise financeira mundial. O pacote do governo russo, de US$ 86 bilhões, será liberado para instituições financeiras que precisem refinanciar suas dívidas externas e ficará disponível também na forma de empréstimos para os bancos. Já a Espanha comprará até 30 bilhões de euros (US$ 41,2 bilhões) em dívidas de bancos com grau de investimento no quarto trimestre e mais 20 bilhões de euros em 2009 para melhorar a liquidez do setor financeiro e destravar o sistema de empréstimos.

Na Índia, para aliviar a falta de liquidez, o Banco Central anunciou um corte de 150 pontos básicos nos depósitos compulsórios dos bancos, para 7,5% – a injeção de recursos deve ultrapassar US$ 10 bilhões.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]