i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
bancos

Governo tenta acelerar empréstimos consignados

Nesta semana, cada banco passou a poder enviar, por dia, até 104 mil propostas para processamento, em comparação aos 65 mil pedidos anteriores

  • PorEstadão Conteúdo
  • 11/10/2014 07:06

Depois de lançar pacote de estímulo ao crédito como ferramenta para impulsionar a economia, o governo trabalha para retirar qualquer empecilho que dificulte a concessão dos financiamentos. Nesta semana, atendeu a uma reclamação antiga dos bancos: ampliou em 60% o limite diário de processamento de empréstimos consignados para beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Para liberar o crédito consignado aos aposentados e pensionistas os bancos fazem um procedimento conhecido como "rotina batch" com a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). Ligada ao Ministério da Previdência Social, a empresa é responsável por checar a veracidade das informações dos clientes no banco de dados do INSS, além de conferir a margem de comprometimento do interessado na operação - o segurado não pode ter comprometido mais de 30% do benefício com dívidas.

Nesta semana, cada banco passou a poder enviar, por dia, até 104 mil propostas para processamento, em comparação aos 65 mil pedidos anteriores. Esse processo é feito por troca de arquivos e leva, em média, três dias.

A Dataprev ampliou de 50 para 80 arquivos diários por instituição, com um total de até 1.300 registros (ou propostas de empréstimos) por arquivo, a critério do banco.

Esse limite, segundo a Dataprev, foi imposto para "organizar o fluxo da comunicação de dados". Os bancos, porém, reclamavam que era um empecilho na oferta desse tipo de empréstimo e que uma parcela dos pedidos nem chegava a ser analisada pela empresa. "A Dataprev esclarece que todas as requisições de empréstimo enviadas diariamente à empresa têm sido processadas normalmente. Não há, no momento, nenhum arquivo pendente ou retido", informou a empresa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.