i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Consumo

Guerra dos smartphones top de linha chega ao País

  • PorAgência Estado
  • 24/02/2013 07:34

Os smartphones têm abocanhado uma fatia cada vez maior do mercado brasileiro de celulares, e os maiores fabricantes mundiais trazem para o País uma disputa acirrada que já travam lá fora: a dos aparelhos top de linha.

Na semana passada, Samsung, Nokia e BlackBerry apresentaram no Brasil seus novos aparelhos. Todos têm preço salgado - o mais barato fica em R$ 899. A disputa a ser travada é basicamente pelo consumidor que já é dono de um smartphone, entende o que é sistema operacional e quer trocar o aparelho atual por um mais potente.

A briga é por um mercado em forte expansão no País. Em 2010, 11 em cada 100 celulares vendidos eram considerados smartphones, segundo a consultoria Gfk. São aparelhos que apresentam recursos inexistentes nos celulares básicos, como interface de usuário mais elaborada, acesso à web e câmera melhor. Em dezembro de 2012, essa proporção subiu para 37%. E a Samsung já aposta que essa fatia será de 50% no último trimestre de 2013.

"Estamos caminhando para o amadurecimento do mercado brasileiro de smartphones", diz Cláudia Bindo, gerente de telecomunicações da Gfk. Nessa batalha, um dos desafios é convencer o usuário de que a plataforma embarcada em seus aparelhos é a melhor.

Hoje, quem lidera no País é o Android, sistema do Google que está presente em dispositivos de várias marcas (como Samsung, Motorola e Sony) e respondeu por cerca de 80% das vendas de smartphones em 2012. Mas há outros novos - e completamente diferentes - que têm recebido de especialistas críticas positivas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.