Os bancos HSBC e Citigroup suspenderam operadores de câmbio nesta sexta-feira (17) como parte de uma intensificação da investigação global sobre possível manipulação do mercado de câmbio. Reguladores dos Estados Unidos chegaram a Londres esta semana, ampliando uma investigação na qual trabalham junto a reguladores financeiros britânicos para determinar se operadoras em alguns dos maiores bancos do mundo fizeram conluio para manipular o mercado de moedas internacional, que movimenta 5,3 trilhões de dólares diariamente.

As investigações estão centradas na comunicação feita por operadores das posições de seus clientes via salas de bate-papo eletrônicas, que também estiveram presentes em uma investigação sobre manipulação das taxas de juros interbancárias de Londres, conhecida como Libor.

Enquanto a investigação de moedas se intensifica, os bancos acompanham seus funcionários de forma mais próxima e realizam agora investigações internas.

Fontes disseram à Reuters que Deutsche Bank suspendeu diversos operadores em Nova York esta semana, enquanto reguladores norte-americanos realizaram operações nos escritórios do Citigroup de Londres.

Um porta-voz do HSBC confirmou que o banco suspendeu dois operadores de câmbio em Londres, mas se recusou a fazer comentários. Um porta-voz do Citigroup disse que dois operadores foram demitidos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]