Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) informou nesta terça-feira (30) que houve uma queda de 4,6% no tráfego aéreo de passageiros em novembro e uma redução de 13,5% no transporte aéreo de cargas no período. A capacidade internacional da indústria diminuiu 1%. Além disso, a taxa de ocupação foi de 72,7%, o que representa um declínio de três pontos porcentuais em relação ao mesmo mês de 2007.

O declínio de 4,6% no tráfego de passageiros é uma piora considerável tanto em comparação com a contração de 1,3% registrada em outubro quanto com a queda de 2,9% verificada em setembro. O diretor-geral e executivo-chefe da Iata, Giovanni Bisignani, observou que o setor está agora se retraindo em todas as medidas. "Podemos esperar mais perdas no quarto trimestre", disse o executivo.

No mercado latino-americano, as companhias aéreas tiveram uma leve redução no crescimento em novembro, que ficou em 3,3% - comparado com o crescimento de 4,5% em outubro - apoiado no desempenho econômico positivo da região no período. No entanto, a América Latina registrou queda de 15,7% no transporte aéreo de cargas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]