Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A importação de diesel vai dobrar até 2014 em relação aos níveis atuais e depois cair, com a entrada em operação de novas refinarias, disse José Carlos Cosenza, diretor de Abastecimento da Petrobras. Atualmente, a importação do combustível está entre 150 mil e 160 mil barris por dia (bpd) e deverá passar para entre 280 mil e 300 mil bpd em 2014. Com a entrada em funcionamento de novas refinarias, no período 2012-2016, a importação cairá para entre 90 mil e 100 mil bpd. O diesel responde por um terço da receita da Petrobras, o que indica que as importações continuarão tendo impacto no balanço da estatal, caso não seja reduzida a defasagem em relação aos preços internacionais. Em relação à gasolina, também haverá crescimento de compras no exterior. As importações somam 70 mil a 80 mil bpd hoje, e deverão subir para 90 mil bpd entre 2014 e 2016.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]