Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) fechou o mês de janeiro com alta de 0,91% em Curitiba. O custo de passagens aéreas e cursos do ensino fundamental e superior foram os itens que mais impulsionaram o aumento. No acumulado dos últimos 12 meses – de fevereiro de 2010 a janeiro de 2011 – o índice ficou em 5,81%. O cálculo foi realizado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e divulgado nesta segunda-feira (7).

O grupo que registrou a maior alta foi o de despesas pessoais (2,60%), seguido por gastos com saúde e cuidados pessoais (0,91%), transporte e comunicação (0,91%), habitação (0,65%) e alimentos e bebidas (0,63%). Os itens com índice elevado foram passagens de avião (13,10%), curso fundamental (9,35%), curso superior (9,02%), álcool combustível (6,58%) e aluguel de moradia (0,97%).

Já os grupos que tiveram queda nos preços foram artigos de residência (-0,51%) e vestuário (-0,27%). Entre os itens pesquisados, os que apresentaram as maiores quedas foram casas noturnas (-5,12%), automóvel de passeio e utilitário usado (-0,56%), televisão (-4,07%), teclado (-24,37%) e batata inglesa (-8,82%).

Para o cálculo da inflação, o Ipardes pesquisa mensalmente em Curitiba cerca de 60 mil preços de produtos consumidos por famílias com renda entre R$ 510 e R$ 20,4 mil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]