i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Preços

“Inflação infantil” tem menor nível em 4 anos

  • PorAgência Estado
  • 10/10/2008 21:10

A inflação de produtos e serviços destinados às crianças registrou, até setembro, o menor nível dos últimos quatro anos. Levantamento especial da Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou que os preços desses produtos, que representam cerca de 10% do orçamento mensal familiar, acumularam alta de 1,82% em um período de 12 meses até o mês passado. Esse porcentual também é menor do que a inflação média no período, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), calculado pela fundação, e que acumula elevação de 5,60%, no mesmo período. Houve queda expressiva nos preços de alimentos (-0,90%) e brinquedos (4,79%).

A FGV também revelou que o Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a inflação entre a população idosa, desacelerou fortemente, de 2,65% para 0,60%, do segundo para o terceiro trimestre no ano. Foi a menor taxa trimestral para o índice em dois anos, beneficiada pela deflação de 0,98% no preço dos alimentos, no período. Segundo o levantamento, os produtos que mais influenciaram o resultado foram os alimentos mais costumeiramente consumidos pelos idosos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.