i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
preços

IPC-S cai 0,17%, alimentos e vestuário diminuem queda

  • PorReuters
  • 23/08/2010 06:32

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) continuou em queda, mas o ritmo do recuo diminuiu, em linha com as menores variações negativas dos grupos Alimentação e Vestuário.

O indicador caiu 0,17 por cento na terceira prévia de agosto, após queda de 0,19 por cento na segunda, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

"O item Hortaliças e legumes, cuja variação passou de menos 8,87 por cento (na segunda prévia) para menos 7,94 por cento (na terceira), foi a principal contribuição para o avanço registrado na taxa do grupo Alimentação (de queda de 1,09 para 0,94 por cento), classe de despesa que mais contribuiu para a aceleração da taxa do IPC-S".

Os preços de Vestuário declinaram 0,84 por cento nesta leitura, ante baixa anterior de 0,90 por cento.

Os custos de Habitação tiveram leve aceleração, com alta de 0,23 por cento na terceira semana do mês, contra 0,20 por cento na segunda.

Por outro lado, os preços de Saúde e cuidados pessoais subiram menos, em 0,17 por cento agora, contra 0,35 por cento antes. Os de Transportes aumentaram 0,23 por cento, após avanço de 0,29 por cento. Os de Despesas diversas arrefeceram fortemente, com alta de 0,47 por cento nesta leitura, contra 0,73 por cento na anterior.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.