Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

dia sem imposto

15 estados venderão produtos sem imposto e gasolina até 40% mais barata

Os descontos em cosméticos podem chegar a 70%

  • Infomoney
 | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Jonathan Campos/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Supermercados, drogarias, shoppings, padarias, restaurantes e concessionárias de veículos oferecerão descontos de até 70% em seus produtos nesta quinta-feira (24). A iniciativa faz parte da 10.ª edição do Dia da Liberdade de Impostos e tem o objetivo de chamar a atenção sobre a alta carga tributária.

Segundo a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) Jovem, que promove o evento, postos de gasolina venderão 100 mil litros de combustível com 40% de desconto, exatamente a alíquota de impostos que compõe o valor final. Os descontos em cosméticos podem chegar a 70%.

Durante a campanha, empresários de 15 estados e o Distrito Federal vão vender produtos sem o valor do imposto embutido – os tributos serão pagos pelas lojas patrocinadoras, mas não repassados aos consumidores. Os itens vão de roupas e cosméticos (caso dos shoppings participantes) até carro zero quilômetro.

LEIA TAMBÉM: Governo vai zerar Cide sobre diesel após Congresso aprovar reoneração da folha

LEIA TAMBÉM: Dia sem impostos terá carros com descontos de até R$ 51 mil; veja os estados

“Além de proporcionar aos consumidores a aquisição de produtos mais baratos, a campanha estimula a conscientização sobre a complexidade e peso da carga tributária brasileira, sem retorno à altura em saúde, educação, segurança e transporte para a população”, explica Lucas Pitta, coordenador nacional da CDL Jovem.

Para completar, estimativa feita pela CDL Jovem, com base em estudo do mesmo IBPT, em 2018, os brasileiros vão trabalhar aproximadamente 5 meses apenas para pagar impostos. Neste ano, até 30 de abril, de acordo com o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo, foram pagos mais de R$ 800 bilhões em tributos em todo o país.

Ele ressalta que a entidade, por meio do DLI, defende a simplificação tributária no Brasil. “Apoiamos projetos de lei com esse propósito, para que o consumidor saiba quanto paga de impostos em cada produto que compra, com mais transparência”, afirma. Para a CDL Jovem, no lugar das dezenas de tributos existentes atualmente, um imposto único – ou medida similar – tornaria o cálculo mais fácil, e, consequentemente, os cidadãos teriam recursos para exigir a diminuição da carga.

“Assim, o País fica mais interessante para as empresas operarem aqui, o que leva ao aumento da concorrência, que, por sua vez, aumenta a oferta de empregos e o consumo”, esclarece. Ele defende ainda a fixação de um teto porcentual na cobrança de impostos, o que daria mais segurança financeira ao empresário.

Confira a lista de estados participantes do Dia da Liberdade de Impostos:

>> Amapá
>> Amazonas
>> Bahia
>> Ceará
>> Distrito Federal
>> Espírito Santo
>> Goiás
>> Mato Grosso
>> Minas Gerais
>> Paraíba
>> Pernambuco
>> Rio de Janeiro
>> Rio Grande do Norte
>> Roraima
>> Rio Grande do Sul
>> Santa Catarina
>> São Paulo   

O Brasil figura na lista dos países que possuem uma das maiores cargas tributárias do mundo. De acordo com o estudo Carga Tributária/PIB x IDH – Cálculo do Índice de Retorno de Bem-Estar à Sociedade – IRBES, o Brasil é o país com pior retorno à população em saúde, educação e segurança, nas esferas federal, estadual e municipal.

Publicado pelo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o documento traz análises dos 30 países que possuem as maiores cargas tributárias do mundo. Suíça, Coreia do Sul, Estados Unidos e Austrália lideram o ranking.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE