Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Magazine Luiza
Loja do Magazine Luiza.| Foto: Divulgação/Magazine Luiza

São mais de 20 mil funcionários, mas esse gigantismo não tirou do Magazine Luiza a aura daquela empresa do interior fundada na década de 1950, em Franca, com muita simplicidade e relacionamento muito próximo entre as pessoas. Transportada para o século 21 e em transformação de uma companhia de varejo para uma plataforma digital, o Magalu mantém os valores de antigamente para criar um ambiente que o coloca como a melhor Grande Empresa para se trabalhar na Região Metropolitana de São Paulo, de acordo com o Great Place To Work São Paulo 2020.

Ouvir e se fazer ouvir é quase um mantra no Magazine Luiza. Não importa o cargo ou nível, as opiniões e as sugestões chegam a todos, gerando um local de trabalho transparente e de proximidade. Uma horizontalidade típica de uma cidade do interior.

LISTA COMPLETA: Great Place to Work: as 100 melhores empresas para trabalhar em São Paulo

“Mesmo com a empresa crescendo, ainda há alguns traços do interior que carrega, e que são fortes, como a simplicidade e o olho no olho para resolver”, relata o gerente de comunicação interna do Magazine Luiza, Tiago Augusto dos Santos. “Apesar de ser uma empresa grande, é um ambiente simples. O clima é super descontraído e há liberdade para falar com as pessoas, para conversar e dar ideias e sugestões, inclusive ao CEO [Frederico Trajano]”, prossegue.

Tiago está no Magalu desde 2011 como analista sênior, passando depois para especialista e coordenador antes de assumir o atual cargo no ano passado. Uma carreira construída junto com pares e líderes. Tudo muito bem planejado e incentivado internamente.

“Além dos próprios líderes, temos a avaliação anual de desempenho, os pontos para melhorar e também o que está indo bem. Nessas conversas é construído em conjunto o plano de carreira e o líder faz um pouco essa mentoria de colocar você mais próximo de onde quer chegar”, explica.

Segundo a diretora executiva de Gestão de Pessoas do Magazine Luiza, Patricia Pugas, a prioridade é fazer com que os colaboradores fiquem o máximo de tempo possível na empresa, especialmente porque é um lugar onde muita gente encontra o primeiro emprego. E ver que existe a possibilidade de crescer profissionalmente é um incentivo diário.

“Um dos grandes motivos que conseguimos manter as pessoas aqui é a oportunidade de crescimento. Investimos fortemente nisso aqui. Todas as vagas são abertas internamente. Não abro vagas para o mercado antes de esgotar as possibilidades de preenchê-las com o público interno e gerar oportunidade de crescimento. Isso estimula muito as pessoas”, garante.

Mas para isso, é preciso dar ferramentas aos funcionários para que se sintam motivados a crescer. E elas não faltam. Não apenas com cursos dentro de uma plataforma própria de treinamento, mas também com o incentivo pela busca externa por formação. “Gostamos de gerar possibilidade de desenvolvimento. Estimulamos as pessoas a buscarem aprendizado com benefício de bolsa de estudos, para qualquer curso. Não precisa ser relacionado à área de atividade. Entendemos que mais do que formar para o Magalu, formamos pessoas para a sociedade”, reforça Patricia.

Um propósito que gera orgulho

Aliado ao desenvolvimento dentro da empresa, há outro aspecto que motiva os colaboradores dia após dia. É o propósito do Magalu, que é “levar ao acesso de muitos o que é privilégio de poucos”. E Tiago afirma, sem dúvida alguma, que isso é levado a sério e não são apenas palavras.

“A missão é super clara e disseminada pela companhia. As próprias lideranças usam o canal interno para fazer chegar esse discurso e que não seja apenas um discurso. E o exemplo que vem dos líderes deixa muito forte isso. Se fosse só um discurso no papel não teria tanta força e profundidade como tem”, diz.

O propósito, de acordo com Patricia, é o que direciona a estratégia da empresa. Tudo o que é feito internamente é para perseguir esse propósito. “Não está só escrito na parede, é um estímulo além de ganhar algum dinheiro e pagar as contas no fim do mês”, diz.

Tudo isso faz com que o Magazine Luiza não seja apenas um trabalho, mas um lugar prazeroso para estar todos os dias. Não por acaso, é comum que amigos e familiares de colaboradores participem dos processos seletivos para entrar na empresa. Um reflexo do orgulho de trabalhar no Magalu.

“Eu não ficaria dez anos aqui se eu não fosse feliz, se eu não pudesse mostrar o potencial. É um lugar onde se tolera o erro. Gosto muito do clima aqui, é bem direto, bem transparente, sem precisar fingir”, frisa Tiago.

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]