Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, evitou nesta segunda-feira (13) dar pistas a respeito da permanência ou não da secretária Lina Vieira na Receita Federal. Há três meses, aproximadamente, há rumores, que se intensificaram neste final de semana, sobre a saída da secretária em razão da diminuição da arrecadação e sobre uma multa que o órgão cobrou da Petrobras. "Isso não é o assunto da conversa. Não tenho que confirmar nada", disse a jornalistas após sair da reunião ministerial na Granja do Torto, em Brasília. "Não há novidade", continuou sem responder, no entanto a uma pergunta sobre se Lina permaneceria, então, no cargo

O ministro afirmou que durante a reunião ministerial desta segunda-feira (13), que teve início às 9h30, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não reclamou da queda da arrecadação. "O presidente está satisfeito com o que está sendo feito na economia", disse. Vale lembrar que desde o acirramento da crise financeira internacional o governo está renunciando alguns impostos para incentivar a retomada da economia. Os setores mais beneficiados foram o de automóveis, eletrodomésticos da linha branca e materiais de construção

Mantega ressaltou também que Lula está satisfeito com o desempenho do setor agrícola. Isso porque, o Brasil vem aumentando suas exportações mesmo em um período, segundo Mantega em que o mercado internacional está mais contido

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]