As vendas de veículos novos no Paraná ainda estão abaixo dos patamares observados no início do ano passado, mas já exibem uma certa reação. Na primeira quinzena de fevereiro, as concessionárias do estado venderam 8,2 mil automóveis e comerciais leves, volume 27% maior que o registrado em igual período do mês anterior. Em todo o Brasil, a alta nesse tipo de comparação foi mais discreta, de 16%. Em relação à primeira metade de fevereiro de 2008, no entanto, houve leve redução de 2% no Paraná, ao passo que a média nacional avançou 7%. Os dados são da Fenabrave, federação que representa o varejo de veículos.

"A redução do IPI [Imposto sobre Produtos Industrializados] garantiu a recuperação do mercado de automóveis. Além disso, os juros caíram um pouco, e a aprovação de crédito pelos bancos melhorou", avalia Marco Rossi, diretor da Fenabrave-PR. Segundo ele, no fechamento do mês as vendas tendem a ser menores que as de janeiro, em razão do menor número de dias úteis. "Mas a tendência é que, daqui em diante, o mercado mantenha um bom ritmo. Não tão forte quanto o do ano passado, mas ao menos parecido com o de 2007, que foi um ano bom", diz Rossi.

Categorias

Na soma das categorias de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motos, as empresas paranaenses venderam 12,3 mil veículos nos primeiros 15 dias do mês, com alta de 15% sobre a primeira quinzena de janeiro e queda de 14% em relação a fevereiro do ano passado. Na média nacional, as variações foram de 8% e -3%, respectivamente.

No Paraná, o destaque positivo da primeira quinzena de fevereiro foi a venda de veículos comerciais leves (utilitários), que subiu 21% em relação a igual período do ano passado e 38% sobre janeiro. O comércio de motos teve comportamento oposto, e se retraiu nas duas comparações.

Os mercados de ônibus e caminhões exibiram resultado 10% superior ao de janeiro. Mas a baixa de 42% na comparação anual mostra que seu desempenho ainda está muito aquém do exibido em 2008, quando as duas categorias cresceram acima da média dos demais veículos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]