i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Brechas

Microsoft corrige falhas em programas mas adia ajuste no Word

  • PorO Globo Online
  • 13/12/2006 11:03

A Microsoft divulgou sete ajustes (patches) para pelo menos 11 falhas de segurança que deixavam vulneráveis usuários do seu sistema operacional Windows. A companhia divulgaria apenas seis patches, mas alertas de empresas especializadas chamaram a atenção para uma brecha de segurança no programa de arquivos multimídia Windows Media, levando a Microsoft a acrescentar mais um ajuste de última hora.

Em um comunicado, a Microsoft reconheceu que, com a atualização, é possível reduzir os riscos de ataques do tipo "zero day" - acesso remoto de invasores aos computadores - aos usuários do Windows Media Player, informou o site especializado Cnet.com. No pacote de ajustes foram incluídos, além dos patches para Windows Media, bloqueios a falhas no navegador Internet Explorer e na ferramenta para desenvolvedores Visual Studio 2005.

O novo pacote de ajustes da Microsoft, no entanto, não inclui proteção para uma recente falha de segurança no Word, popular editor de textos do pacote de aplicativos Office. Na última semana, a companhia reconheceu que uma brecha deixaria usuários do editor de texto vulneráveis a ataques do tipo "zero day".

Segundo Amol Sarwate, da empresa de gerenciamento de falhas Qualys, "apesar dos esforços da Microsoft usuários dos sistemas ainda estão expostos às vulnerabilidades não ajustadas no Word", informou ao Cnet.com.

Os ajustes podem ser consultados no site de alertas da Microsoft ou pelo sistema automático de atualizações do Windows.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.