O chefe do Governo italiano, Mario Monti, teme que a crise da Zona Euro leve a Europa à dissolução e pede aos países da região que trabalhem juntos para evitar essa situação, em entrevista à revista alemã Der Spiegel, na edição que sairá às bancas nesta segunda-feira.

"As pressões que acompanharam nos últimos anos a Eurozona já têm traços de uma dissolução psicológica da Europa", alertou Monti.

"Temos que trabalhar duro para evitar isso", acrescentou o chefe de governo, que considera que "as fundações do projeto europeu" estão em perigo.

Monti rejeitou na semana passada a ideia de um resgate para a Itália e disse estar à espera das medidas anunciadas pelo Banco Central Europeu (BCE) ante as dificuldades do país para financiar-se nos mercados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]