Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo
| Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Morreu nesta segunda-feira (9), em Curitiba, o engenheiro civil Volmir Selig, fundador da construtora Hestia, na qual ocupava o cargo de diretor de Engenharia. Aos 67 anos, Selig se sentiu mal à tarde e foi internado no Hospital Santa Cruz, onde faleceu no início da noite.

Pai do também engenheiro Gustavo Selig – atual presidente da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR) – Volmir Selig presidiu a entidade em dois mandatos, nos biênios 1991/1992 e 2003/2004. Figura de destaque no mercado, com forte atuação em entidades de engenharia e construção, Volmir Selig foi vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon/PR) e era conselheiro no Instituto de Engenharia do Paraná (IEP).

Entusiasta das inovações tecnológicas e engajado com a redução dos impactos da construção civil ao meio ambiente, Volmir Selig participou de iniciativas como a aprovação da legislação que torna obrigatório o gerenciamento de resíduos sólidos no canteiro de obras e o reaproveitamento da água da chuva nas edificações.

O engenheiro fundou a Hestia Construções Civis em agosto de 1993. Em 2008, a empresa expandiu sua atuação para Santa Catarina e em 2009 tornou-se Grupo Hestia.

Volmir Selig deixa esposa, três filhos e três netos. O corpo do engenheiro será velado nesta terça-feira (10), na Capela 3 do Cemitério Parque Jardim da Saudade (Rua General Portiguara, 1993, esquina com a Rua João Bettega), no Fazendinha, onde também ocorrerá o sepultamento, às 17 horas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]